Dica de livro: O lado bom da vida, de Matthew Quick

terça-feira, março 03, 2015

Estou firme e forte nas leituras. Uma das minhas metas para 2015 (que também faz parte do projeto 100 coisas para fazer antes de morrer) é ler mais livros. Depois de ler Extraordinário, peguei O Lado Bom da Vida, de Matthew Quick.

Primeiramente vi o filme, que leva o seguinte nome em inglês: Silver Linings Playbook. Em inglês, isso é um tipo de expressão usada como metáfora para o otimismo, onde mesmo uma situação ruim pode trazer algo positivo. No Popcorn time não tinha o título em português, então fiquei meio sem saber. Mas depois, pesquisando vi que na nossa língua virou O Lado Bom da Vida, que também é um título bom. Aí, vi que tinha livro e fiquei com vontade de ler.



Para começo de história: o filme é inspirado no livro. Ok! Mas não espere ser algo do tipo A Culpa é das Estrelas (que pelo que dizem é bem fiel ao livro). O jeito como a história de O Lado Bom da Vida é contada na telona é bacana, mas se for para escolher entre filme e livro, fico com o livro.

O Pat do livro é diferente do filme. No livro, Pat Peoples. No filme, Pat Solitano Jr. As personalidades são um pouco diferentes também. Senti o Pat do filme com um tom mais agressivo, já do livro, parece ser um pouco mais bobo. 

O Lado Bom da Vida é narrado pelo protagonista, no caso, Pat Peoples. Ele acaba de sair de uma instituição para pessoas com problemas psiquiátricos, ou "lugar ruim", como ele mesmo se refere, e não tem muita noção de quanto tempo ficou por lá. Só sabe que o que mais quer na vida, é se encontrar com sua esposa Nikki, dar um fim de vez no "tempo separados" e ter de volta a sua vida, seu emprego, seu lar, suas coisas. Aos poucos vai retomando a memória e conseguimos entender o que aconteceu com Pat para ele parar lá no "lugar ruim". 



No meio disso tudo, Pat faz amizade com Tiffany, que também é meio problemática e bem esquisita, mas eles meio que se entendem do jeito deles.
O livro é bem legal, mas confesso que no começo pode parecer um pouco cansativo. Depois deslancha e você quer ler os próximos capítulos com mais vontade ainda, para saber o que vai acontecer na história. Fala muito sobre futebol americano, Pat, o irmão e o pai são fanáticos pelos Eagles, então, se você é fã de esporte, pode ser uma boa pedida. Aqui, faço um adendo sobre o pai de Pat. Ele é tão fanático pelo time de futebol, que se eles ganham um jogo, o humor dele está ótimo, se perdem, já era o dia, ele se tranca no escritório e não há quem o faça sair.



Como dá para notar na capa, o filme é estrelado por Bradley Cooper e Jennifer Lawrence. Achei ótimas as atuações dos dois. E fiquei tentando imaginá-los nas cenas descritas no livros, que como falei, é bem diferente. :)

Fica a dica aí para vocês que estão à procura do próximo livro. 
Bjs.



5 comentários

  1. Eu adorei o filme e, desde então, fiquei com vontade de ler o livro... Mas nunca fui atrás. Fiquei com mais vontade ainda agora com a sua resenha :)

    ResponderExcluir
  2. tbm ja tinha ouvido falar que o livro é msm bem diferente! eu gostei do filme e tenho curiosidade com o livro tbm

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não li o livro, e nem assisti ao filme. Depois de ver sua resenha fiquei com vontade de ler o livro, é meio difícil uma adaptação ficar bom como o livro, ou até mesmo ainda mais melhor como "A culpa das Estrelas" que ficou uma ótima adaptação.
    Beijinhos
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
  4. Realmente acho que o livro deve ser bem mais complexo do que o filme! Aliás, achei ok o filme, nada de mais. Fiquei intrigada pelo livro agora, quem sabe não acho bem melhor também ;)
    Beijo!
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Seja sempre bem vindo (a) aqui no Feufolândia. Vou adorar ler e responder seu comentário.
Clique em "Notifique-me" para receber a resposta do seu comentário por e-mail.

Obs.: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se! Quero saber com quem estou falando. :)

Facebook

Flickr