4 brinquedos que eu quero guardar para meu filho

Faz tempo que não faço um meme do Rotaroots. Hoje eu vou falar dos 4 brinquedos que eu quero guardar para meu filho. Esse tema é de outubro, mas como os temas de novembro ainda não saíram então dá tempo de eu fazer.

Já falei muito de brinquedo aqui. Gosto de lembrar da minha infância. Doei muitos dos meus brinquedos, mas ainda guardo alguns que são especiais pra mim, dentre eles...


1. Teclado


Um deles é esse tecladinho. Ganhei dos meus pais quando eu tinha uns 3 ou 4 anos. E foi com ele que tomei gosto por música e aprendi a tocar teclado. Mais tarde, ganhei um maior para poder treinar as músicas do curso. Música é muito bom. Sempre gostei bastante, mas por hobbie mesmo. Tanto que eu acabei enjoando das aulas de teclado e larguei o curso depois de uns 3 anos estudando. Fiz também aulas de violão clássico e flauta doce na escola. Com certeza, vou apresentar música pro meu filho, o Paulo vai apresentar a bateria, o violão também... aí já viu. hahahaha


2. Contos de Grimm


Acho que ganhei essa caixinha de livros da minha prima quando tinha uns 6 anos... Não lembro bem, também não tem a data anotada nela. É um baúzinho que vem cinco livros de estórias como Branca de Neve, Rapunzel, Rumpelstiltskin, O Alfaiatezinho Valente e O Príncipe Sapo. São livros lindinhos, todos fofinhos e fáceis de ler. Ótimo para crianças que estão começando a leitura.


3. João-bobo


Esse João-bobo ganhei com 1 ano e minha mãe sempre guardou. Ele é muito fofo, apesar de estar meio judiado pelo tempo. Faz um barulho engraçado, como se tivesse um sino dentro. É ótimo para entreter bebês. :P


4. Câmera lomo


Vai, é quase um brinquedo. E é tão leve que não faria mal nenhum a uma criança. Vai durar por muito tempo ainda... O olhar da criança é super diferente do de um adulto e com certeza sairão ótimas fotos com ela.


E vocês? Quais brinquedos vão guardar pros filhos? :)
Bjs.



Desafio 52 semanas: #11 Meus brinquedos preferidos na infância...

Esse tema do Desafio 52 semanas veio bem a calhar no mês de outubro. Mas eu já vim aqui no blog falar meus brinquedos preferidos na infância. Clique aqui se você ainda não viu. Hoje então, vou falar sobre as brincadeiras, não sobre um brinquedo específico. Tenho que listar cinco!

Ilustração: Rodrigo de Oliveira / MdeMulher

1- Esconde-esconde
Quem nunca brincou de esconde-esconde não foi feliz na infância. Eu morava num prédio e a garagem era o playground para a criançada. Nos escondíamos entre os carros, atrás das pilastras, nos fundos do prédio, mas só valia ali na garagem. Era tão legal. :)

2- Pega-pega
Essa é outra clássica. Não gostava muito não, pois eu sempre era pega hahahaha A mais baixinha da turma, não conseguia correr tanto.

3- Morto-vivo
Eu e minha prima brincávamos de morto-vivo principalmente quando íamos em alguma festa na casa da tia. Todos os adultos ficavam lá conversando até altas horas e tínhamos que nos virar para não ficar entediadas.

4- Estátua
Também adorava brincar disso. Geralmente eu ganhava. hahahaha Era uma outra brincadeira para as festas chatas de adultos.

5- Chefinho mandou
"Chefinho mandou! Fazer o quê?" A melhor brincadeira de festas chatas. Importunávamos os adultos para dar o que o chefe tinha pedido. Era alguma nota de dinheiro específica, meia da cor tal, óculos, até cigarro ou isqueiro. Vê se pode.

Poderia citar mais um monte: batata-quente, cobra-cega, queimada, elefantinho colorido, corre cotia, amarelinha, cinco marias, stop, forca, dança das cadeiras, cama de gato, pula elástico, passa anel, telefone sem fio... e muitas outras.

Do que você mais brincava quando era criança?
Bjs.


Sylvanian Families: Você conhece?

Outro dia, passeando pelo shopping, resolvi entrar numa loja de brinquedos e conferir as novidades (sempre vou na sessão das Barbies - ai, qual minha idade mental, mesmo?). Eis, que me deparo com umas fofurices chamadas de Sylvanian Families. Vocês já conheciam?

Eu não. Nunca tinha ouvido falar. Bom, até mesmo porque, meio que parei no tempo com esse negócio de brinquedo. Hoje em dia, a Barbie nem é tão peituda mais como antigamente. E existem tantas outras bonecas que nem sei (até vi umas Fofoletes diferentes - essas!). O fato é que eu fiquei tão encantada com os bichinhos da Sylvanian Families que quase comprei alguma coisa no dia, me segurei porque não é nada barato.

Vou colocar algumas fotos das famílias que cacei na internet. Tem tudo quanto é bichinho: cachorro, gato, coelho, porco espinho, rato, urso, vaca, esquilo, e além disso, partes da casinha, hamburgueria, casa de árvore, carro... É muito amor! O site oficial é encantador e mostra tudo o que tem, clique aqui e confira.










Quero tudo!

Bjs.



Tag day: 10 brinquedos preferidos da infância


Hoje o Tag day vai ser bem nostálgico... Vou contar quais foram meus 10 brinquedos preferidos da infância. =')

1. Barbie: Tive muitas bonecas Barbie, acho que eram os meus brinquedos favoritos. Devo ter brincado com elas até uns 11 anos. Depois doei tudo para uma creche. =') As que eu lembro bem são a Barbie Dentista, a Barbie que falava não sei quantas frases diferentes, Barbie ginasta que vinha com fita K7, Barbie com um vestido de princesa cheio de borboletas com imãs, e algumas outras que não achei foto no Google, mas também tinha a Susi Colegial. Ah, e claro, fora os acessórios, o banheiro, a lavanderia, cozinha, quarto, carro, moto... Que saudaaadeees!!!!

2. Patins: Ganhei meu primeiro patins com cinco anos, era um modelo parecido com esse aqui, você usava com seu próprio tênis e amarrava os cadarços do patins por cima, os breques eram na frente e também tinha uma regulagem para aumentar conforme o tamanho que calçava. Era rosa e branco. Mais tarde, ganhei um patins inline rosa e preto e usei até não servir mais e ficar bem gasto. Depois meus pais compraram um que tinha duas rodas apenas, como se fossem duas bolotas. Era parecido com esse aqui, mas cinza e preto. Esse também usei até estourar quase hauahauhah E depois de velha, voltei a andar (um pouquinho) e comprei um mais moderninho. Esse aqui.

3. Bicicleta: Bike é muito legal... Aprendi a andar como toda criança, com as rodinhas laterais. E cada vez que ia me sentindo segura, pedia pro meu pai tirar uma das rodinhas, até que sem perceber, já estava me equilibrando e não precisava mais usar as rodinhas.

4. Jogos de tabuleiro (Detetive, Banco Imobiliário e Jogo da Vida): Todos esse jogos ganhei da minha tia, e apesar de ser filha única, seeeempre brincava com meus pais e primos. Os tabuleiros já estão todos esfolados e são daqueles antigões. Já fui magnata, tive trigêmeos, já matei gente, descobri muitos mistérios e perdi todo meu dinheiro madrugadas a fio... =')

5. Tecladinho: Ganhei um tecladinho dos meus pais quando fomos até o Paraguai (tinha uns 4 anos), e apesar de não ser exatamente um brinquedo, eu via assim. Até que fiquei mais velha, me empolguei e comecei a fazer aulas de teclado. Fiz por três anos e até me apresentei para o público. Foi uma época bem legal na adolescência.

6. Tamagotchi: Claro que não poderia faltar o "bichinho virtual" nessa lista. Hoje em dia tem o tal do Pou (que até já joguei bastante), mas nada se compara ao famoso Tamagotchi dos anos 90. Devo ter tido uns três, lembro das cores: vermelho, amarelo e verde. Se eu não cuidasse bem dele, virava um diabinho, mas também poderia virar um anjinho, agora não lembro a causa mortis. hahahaha

7. Videogame portátil com 9999 jogos: Esse também era uma febre e na verdade só tinhas uns 10 jogos no máximo. Depois repetia, era meio bizarro. Nunca fui fã de videogames, mas esse portátil do camelô era muito legal. Lembra?

8. Cara Maluca: Esse era super legal. Eu geralmente tinha brinquedos que dessem para jogar sozinha. O Cara Maluca consistia em tirar uma cartinha e montar a cara que estava desenhada no suporte em um determinado tempo. Se não terminar no tempo certo, a cara vinha pra frente (num susto!) e caía tudo... Pra quem não lembra, é esse aqui.

9. 60 Segundos: Era um dos mais legais que eu tinha porque também dava susto. Você tinha um monte de pecinhas que deveriam ser encaixadas nos seus devidos lugares, se não completasse em 60 segundos, a estrutura vinha com tudo pra cima e te dava o maior susto! É esse aqui.

10. Boneca Meu Bebê: Ganhei essa dos meus pais quando fiz 5 anos. E brinquei um bocado com ela. Minha mãe guardava um montão de roupinhas minhas de quando era bebê e eu pegava para usar na boneca. É essa aqui.


~ Infância volte! ='( ~





Para a alegria dos fãs: Lego dos Simpsons

A última novidade do mundo dos brinquedos é a SUPER coleção de Lego dos Simpsons. Aposto que está fazendo mais sucesso entre os grandinhos do que com os pequenos. Meu namorado, por exemplo, é um grande fã da série, coleciona também miniaturas dos personagens e está maluco com essa novidade da Lego.

A linha especial chegará ao mercado em fevereiro de 2014, mas aqui no Brasil ainda não se tem previsão, e provavelmente não deve chegar completo. Tudo indica que aqui a coleção deve ser vendida por partes. O brinquedo tem cerca de 2500 peças que formam todos os cômodos, a garagem, carro e miniaturas da família, inclusive o vizinho mais adorado, Ned Flanders.

Veja só que apaixonante as fotos da coleção. Até eu quero! *-*




























Post nostálgico parte I: Brinquedos

Anteontem eu estava meio nostálgica, fui mexer numas fotos antigas e começou a passar um filme de infância na minha cabeça... Muita saudadinha daquela época boa. Aí procurei algumas coisas no Youtube pra matar a saudade, como uns pedacinhos do filme 'Os Batutinhas', quem lembra? Passava direto na Globo, talvez ainda passe em qualquer sessão da tarde aí...
As partes mais fofas são essa AQUI e essa AQUI. *-*
Fuçando mais na internet e conversando com um amigo, lembrei de alguns brinquedos que fizeram parte da minha infância, anos 90. Tempos bons que não voltam mais...




1- Bichinho Virtual: Quem nunca teve um desses né? Você tinha que alimentá-lo, fazê-lo dormir, brincar com ele... E quando ele apitava no meio da noite? E quando não podia mais levar pra escola porque a professora brigava, e você fazia sua mãe cuidar dele? Putz, isso era a maior febre! Eu lembro que uma amiga da família, tinha uma filhinha que ganhou um desses, foi um dos primeiros que lançaram. Foi exatamente R$ 80 reais, lembro como se fosse hoje ela falando o valor. Era em formato de ovinho e amarelo. Depois foram saindo os falsificados pelos camelôs da vida. Eu cheguei a ter uns 4 ou 5. E torcia para o meu virar diabinho no final da vida. Hehehe :P

2- Quebra Gelo: Esse eu ainda tenho, minha mãe não deixou me desfazer dele. Era simplesmente isso, tinha que quebrar os gelinhos, um por um, não deixando o urso cair. Brinquei muuuito com ele. Tá la guardadinho pros meus filhos. :P

3- Mola colorida: Esse nem é bem da minha época né, mas claro que brincava bastante com isso. Só era um saco quando enrolava toda, daí tinha que pedir ajuda pro pai pra ela não quebrar, nem entortar!

4- Pega Peixe: Acho que desses tive bastante também, principalmente quando ia em pescaria de festa junina, era o prêmio que mais tinha. Os peixinhos ficam girando no lago, e com as varinhas que tem um imã na ponta, você tinha que pescá-los.

5- Atari: A minha mãe teve um! E por sorte eu cheguei a usá-lo! Afinal, é um clássico dos games, né? Ligávamos na nossa tvzinha de 14'' na sala e dava muito bem pra jogar Pac Man e Space Invaders.

6- PogoBol: Infelizmente não tive um desses. Uma frustração. UHAOSIHAUI Mas uma menina do prédio em que morei tinha e emprestava pra garotada brincar. É muuuuitooo legal! É só pular e tem que ter um baita equilíbrio.

7- Cara Maluca: Acho que esse já doei. Era um jogo que tinham várias cartinhas com tipos de rostos diferentes pra você montar num determinado tempo. Se esse tempo acabasse, a cara vinha pra frente com tudo, pulavam todas as pecinhas, te dava o maior susto, e você perdia a brincadeira. Eu brincava sozinha às vezes com esse... UIAHSOUH

8- Meu primeiro Gradiente: Ahh como ele é lindo né! É claro que eu tenho esse ainda, tá bem guardadinho. Pra falar a verdade, não lembro se funciona mais. Mas é uma peça de museu, uma relíquia. Vinha com o microfone pra você cantar junto com a fita K7 que estivesse rolando. Andava pra cima e pra baixo com o meu.

9- 60 Segundos: Também tenho ainda. Adorava brincar com ele também, porque levava susto. ASUOAUISH Você tinha que encaixar essas pecinhas vermelhas com formatos diferentes nos seus respectivos lugares no tempo de 60 segundos, se terminasse o tempo, acionava a mola que fica embaixo da placa branca, e você tomava um p* susto! IUAHOUIAH


É claro que esses foram só alguns dos brinquedos que passaram pela minha infância... Eu era mesmo fascinada por Barbies e seus acessórios. Tinha MUITA coisa, que já doei. Mas a parte mais gostosa era montar toda a casinha... *-*


E aí? Deu pra matar um pouco a saudade? Já preparei mais dois posts com velharia... uiahoauh

Quais os brinquedos que marcaram a infância de vocês? Conta aí!


E vamos aí participando do sorteio hein! Até dia 19/11! Clica na imagem na lateral do blog! :)

Facebook

Publicidade