Vinil quadrado? Existe sim! Conheça o trabalho do Sesper

Foto: Aspen Plummer
Já reparou que o mercado de vinil está cada vez maior hoje em dia?

Vamos relembrar um pouquinho umas coisas... Você é da época do vinil? Quando eu era criança via meu pai sempre mexendo em seus bolachões, como era gentilmente chamado o vinil pelos mais velhos. Eu ouvi muita música country, trilha sonora de novela da Globo, samba enredo, Topo Gigio e Beatles (nos compactos, aqueles 7"). Mas eu também tinha os meus discos: Eliana - Os Dedinhos, Xou da Xuxa, Trem da Alegria, Cantigas de Roda, Atchim e Espirro, pelo menos os que eu lembro.

Então teve um tempo que os vinis começaram a desaparecer, dando lugar aos CDs. Era incrível levar um case recheado de CDs e seu disc man para ouvir nas excursões. Mas só era feliz quem tinha um aparelho antischok. Aí, o MP3 veio causando com a galera e a tecnologia se instalou. Tantas épocas e transformações para voltar ao começo. É como um ciclo. O vinil ressurge das cinzas e o mais engraçado é que quem vem procurando mais pelo bolachão são os jovenzitos.

Foto: Kai Oberhäuser
Mas voltando ao título do post: você já viu vinil quadrado? Eu não, até conhecer o projeto do Alexandre Cruz 'Sesper' (ou Farofa), vocalista da banda Garage Fuzz.




O cara produziu o próprio disco. Além de gravar os instrumentos, a capa e o disco são obras de arte, pois faz colagens, sobreposições, misturas de materiais e grafites diferentes. Nenhum disco é igual ao outro. Não é incrível? São compactos, vinis menores de 7", e agora de 10" também. Apesar de quadrado, a trilha ainda é no formato circular. Os discos foram prensados na Europa e limitados a 130 cópias, todas elas numeradas e assinadas. Veja abaixo o vídeo da produção dos discos.


Sesper comentou em algumas entrevistas que é uma técnica que ele já domina há um tempão quando fazia cartazes, flyers para shows de hardcore e punk. Ele também já expôs suas artes em galerias.

Arte: Sesper
Arte: Sesper
Arte: Sesper
Alexandre Cruz 'Sesper' - Foto: Reprodução/Facebook
Quem curte esse universo dos vinis e quiser conhecer o trabalho do Sesper, tem no site Outprint.

Bjs.



Lollapalooza não é só música - Vai ter muita diversão!

Contagem regressiva para o Lollapalooza 2016 por aqui! O site Festivalando, embaixador oficial do Lollapalooza no Brasil, revelou que o festival não é só feito de shows de música, vai ter muita diversão para a galera!


Os caras estão preparando uma série de atrações para divertir o pessoal entre um show e outro. A roda gigante é apenas uma delas. Um brinquedo mega tradicional que já é presença garantida em festivais. E neste ano, vão rolar também no Autódromo de Interlagos cama elástica, tobogã, carrossel, torre de salto e balão, tudo com acesso gratuito.

Espia só os detalhes:

- Tobogã: Um stand de 100 metros quadrados em forma de iceberg vai abrigar um tobogã com cinco metros de altura. Máquinas de gelo seco e ar condicionado vão dar o clima gelado ao ambiente. Quem quiser, poderá receber uma tatuagem temporária com o lineup e os horários dos shows. Onde fica: ao lado do Lolla Market.

- Carrossel: A ideia é usar o brinquedo para criar um ambiente vintage. Juntamente com o carrossel, haverá pontos de wi-fi e estações de carregamento de celular. Onde fica: próximo ao Kidzapalooza.

- Roda-gigante: Terá 20 metros de altura e oferecerá visão panorâmica de um dos palcos. Onde fica: no extremo oposto do Palco Ônix.

- Cama elástica: Parque com 45 metros quadrados ocupados exclusivamente por camas elásticas que oferecerão vista privilegiada do palco principal. Onde fica: ao lado do Lolla Market.

- Torre de salto: Quem estiver disposto a uma experiência mais radical terá à disposição uma torre para se jogar no festival, literalmente. Onde fica: ao lado do Palco Axe.

-  Balão: A estrutura será içada a 25 metros de altura, sendo mais um ponto de vista panorâmica do festival. Onde fica: no Lolla Market.

Vi aqui.


>> JÁ SABE O QUE LEVAR NA MOCHILA NO DIA DO FESTIVAL?

>> VEJA O LOOK IDEAL PARA CURTIR DE BOAS O LOLLAPALOOZA


Bjs.


15 clipes para relembrar sua adolescência emo

Esse é um post especial para quem viveu a adolescência no começo dos anos 2000. Uma das coisas mais legais era chegar em casa, ligar a tevê e assistir o Disk MTV, ou ainda de sábado, o Top 20. Só assim para arrumar o quarto, né?



Quem já foi emo levanta a mão! o/ 
Já usei cinto de rebites, já usei franjinha, colarzinho e pulseira de bolinhas, minha mochila tinha um monte de bottom, pintei meu all star de quadriculado, usei meia listrada, fiz poses bobinhas pra foto, ouvi muito Fresno, NxZero, My Chemical Romance, e por aí vai...

Vamos aos clipes!
































Quase uma sofrência do Pablo!

Bjs.


O show mega animado de Móveis Coloniais de Acaju

O que falar dessa banda que eu  mal conheço, mas já considero pacas? Não tinha maneira melhor de começar esse post, senão assim. Fui a um show de Móveis Coloniais de Acaju recentemente, no SESC Santos, e fiquei surpresa!

(Foto: Fernanda Maciel)

O teatro ficou praticamente lotado. A maioria das pessoas na plateia ficaram em pé mesmo nos seus lugares e a beirada do palco estava cheia de fãs. Um cenário totalmente diferente do show do Cachorro Grande, no mesmo lugar. Não, não estou comparando nada! Não tem nada a ver as bandas, outro público. Só uma observação. :)

Não conhecia quase nada de Móveis, a não ser uma música, acho que uma das mais famosas, que é 'O Tempo', que não está no primeiro CD, justamente o que eles escolheram tocar a noite. Tocaram 'Idem' completinho. O álbum tem 10 anos!

(Foto: Fernanda Maciel)

Uma das coisas que me chamaram a atenção na banda é a flauta transversal. Um som lindo que fica muito evidente em todas as músicas. Mas além disso tem muito mais coisa. A banda é gigante. Tem dois saxofones, um mais clássico que fica fácil de identificar e outro tenor, mais grave que dá um toque mega especial. Tem bateria, baixo, guitarra, teclados e até gaita.

Mas é claro, que teve bis, e um bis bem recheado, com direito a música 'O Tempo', que eu conheço. Nunca vi banda tão animada, sério. Valeu muito a pena ter ido a esse show. E de novo, o teatro do SESC Santos está de parabéns pelo ambiente, som, luzes.

(Foto: Fernanda Maciel)

Ps.: Estou bem sumida daqui, né? Meu computador deu um probleminha, tive que leva-lo na assistência, mas agora está tudo ok. Também estava com muita preguicinha de blogar, todo blog tem suas fases off. hahaha

Bjs.



Cachorro Grande em Santos: um show sem bis

Quem curte Cachorro Grande? Para quem não conhece, é uma banda gaúcha de rock que deu uma bela estourada depois de participar do 'Acústico MTV Bandas Gaúchas'. E ontem (16), aqui no Teatro do SESC Santos, eles vieram para um show. 

Cachorro Grande no Teatro do SESC Santos (Foto: Fernanda Maciel)
O show começou com um super sucesso da banda. 'Você Não Sabe O Que Perdeu' é uma das minhas músicas favoritas e até estava comentando com Paulo se eles iam ou não tocar, por conta do novo CD, 'Costa do Marfim'. Eles vieram com tudo e dividiram o show em basicamente três partes: tocando na primeira só grandes sucessos, como 'Hey Amigo!' e 'Que Loucura', depois anunciaram as novas músicas, tocadas pela primeira vez em Santos, e voltaram com outras músicas antigas, 'Lunático', 'Dia Perfeito', 'Sinceramente' e outras.

Rodolfo Krieger, baixista, e ao fundo, Gabriel Azambuja na bateria (Foto: Fernanda Maciel)

Agora você me pergunta: 'Fernanda, por que esse título? Show sem bis?'. Pois é, gente. Não teve bis no show. Quando é que você foi num show que não teve bis? Me fala. Tudo começou com uma plateia desanimada...

Olhando nos meus arquivos de fotos, o último show deles aqui em Santos foi em 2009, no mesmo local. Tinha bastante gente e praticamente todos ficaram em pé, é um show de rock, galera. Não dá para assistir um show de rock sentado. Tinha gente na beira do palco, nas escadas, na rampinha, até teve uma garota que dividiu o microfone com Beto Bruno, vocalista do Cachorro, uma noite bem animada em 2009.

Marcelo Gross na guitarra, cantando 'Dia Perfeito' (Foto: Fernanda Maciel)

Mas ontem não tivemos o mesmo cenário. Beto, logo no começo, soltou 'Galera, eu sei que é um teatro, mas não precisa ficar comportado não, viu?'. Depois de algum tempo, ainda nas primeiras músicas, algumas pessoas levantaram e foram para frente do palco, eu fui uma delas, até para fotografar mais de pertinho. Curti um pouco o show dali e voltei para a cadeira para tirar o casaco, acabei ficando por ali mesmo para arrumar a câmera, sei lá. Quando olhei para frente, não tinha mais ninguém lá embaixo e eles já estavam começando a tocar as novas músicas, o que deu uma desanimada na galera, pois provavelmente, muitos não devem conhecer.

O vocalista Beto Bruno (Foto: Fernanda Maciel)

E foi o show inteiro, todos sentados aparentemente desanimados e um Beto Bruno um pouco insatisfeito com seu público. Eles fecharam o show com Helter Skelter, dos Beatles, uma música mega rock 'n roll. Deixaram os instrumentos ligados (com aquele gostinho de quero mais) e não voltaram. O staff lá do palco acenou para o cara da mesa de som, fazendo aquele gesto de 'acabou'. 

As pessoas tentaram ser animadas e bateram os pés no chão, fazendo barulho, pedindo 'mais um, mais um' e nada. Foi o fim do show.

Pedro Pelotas mandando nos teclados (Foto: Fernanda Maciel)

Tirando tudo isso, o show foi muito bom, afinal estamos falando de Cachorro Grande. O Teatro do SESC está mais uma vez de parabéns pelo som, luzes e ambiente. Vale muito a pena assistir aos shows que o SESC oferece, além de ter um preço bacana (R$ 6 sócio, R$ 10 meia, R$ 20 inteira).

Voltamos para casa com a despedida bem, mas bem irônica do Beto na cabeça, algo como: 'Tchau, Santos, foi demais, vocês são show, plateia rockeira, valeu!'

Cachorro Grande no Teatro do SESC Santos (Foto: Fernanda Maciel)


Bjs.



Desafio 52 Semanas: #43 Músicas que eu não canso de ouvir

Difícil eleger cinco músicas que eu não canso de ouvir, mas vou tentar. Depois que fui no show do Criolo, em Curitiba, passei a ouvir mais ainda o novo CD dele, Convoque Seu Buda.

1. Esquiva da Esgrima, Criolo
Acho que é a minha música favorita do novo álbum do Criolo, Convoque Seu Buda. Gosto muito do refrão...



2. Believe, Mumford and Sons
Deve ser a minha banda favorita dos últimos tempos. Eu adoro todas as músicas sem exceção, e morro de vontade de ir a um show deles. O novo CD parece estar incrível, já ouvi duas músicas, mas por enquanto, Believe é minha favorita. Ouçam!


3. Lose Yourself To Dance, Daft Punk
Uma das músicas que eu mais gosto do Daft Punk, é super gostosa de ouvir enquanto faz exercícios, enquando escreve no blog, pra tudo!



4. First Of The Year, Skrillex
Depois que vi pela televisão o show do Skrillex no Lollapalooza, fiquei passada! Que show, meu Deus, não sei se eu aguentaria um show completo lá no meio do povo, é muita luz! Essa música eu adoro, dá um ânimo que nem sei!


5. Safe and Sound, Capital Cities
Não poderia deixar de colocar essa, em qualquer situação essa música me anima. O clipe é demais! Dá vontade de dançar.


Quais são as cinco músicas que você não se cansa de ouvir?
Bjs.

Playlist: Não paro de ouvir!

Uma das primeiras coisas que eu faço quando ligo o computador, seja em casa ou no trabalho, é colocar uma música pra tocar. Gosto muito de ouvir um sonzinho enquanto faço minhas coisas. E quando eu esqueço o fone de ouvido no trabalho? Ai, é uma tortura... :( 
Tenho escutado músicas bem diversas... Ao invés de fazer uma playlist, resolvi deixar o vídeo do Youtube linkado aqui pra vocês. 


1. Sia - Chandelier 
Adoro Sia, ela tem uma voz linda. Essa música é demais, e o clipe mais ainda!



2. Sia - Elastic Heart
Mais uma da Sia, que está fazendo muito sucesso, o clipe também é incrível!



3. Trilha sonora de A Culpa é das Estrelas
Depois que vi o filme, fiquei apaixonada pelas músicas. Ouço todos os dias e minhas preferidas são: Wait (M83) e Best Shot (Birdy e Jaymes Young).



4. Trilha sonora de Cinquenta Tons de Cinza
Outra trilha incrível e suuuper envolvente. Assisti ao filme, mas não achei tudo isso não. Esperava mais até das atuações de Dakota e Jamie. Em compensação, a trilha sonora é super legal. 



5. Mumford and Sons - Believe
Uma das minhas bandas favoritas!!! Eles lançaram essa música recentemente.



6. Foo Fighters - Sonic Highways
O último álbum do FF está impecável. São apenas 8 músicas, mas como sempre, impecáveis... A minha preferida é In the Clear. 



7. Colplay - Rock in Rio 2011
Infelizmente não pude ir, mas acompanhei pela TV e foi lindo demais. O show deles é um espetáculo, a voz do Chris é linda, e mais lindo ainda é ele falando com a plateia: "fundão, direita, esquerda, frente!" hahahaha



8. Criolo - Show no Circo Voador, RJ
Aprendi a gostar de Criolo com o tempo... não foi amor à primeira vista não. Tanto é que ainda não digeri muito o último álbum. Fui a um show aqui em Santos, no SESC e achei BOM DEMAIS! Super animado, sério. 



9. The Killers - Lollapalooza 2013
Outro show que eu gostaria de ter ido. Minha música favorita de longe é All these things that I've done.



10. Mumford and Sons - Live on Letterman
Sou apaixonada por esse show deles... 




E você? O que não pára de ouvir?
Bjs.



#Playlist: Back to the 50's

Talvez eu tenha nascido na época errada. Depois de conhecer o site Accuradio e sua rádio 1950s Oldies, me apaixonei mais ainda pelas músicas dessa década. Eu simplesmente adoro a melodia fofa, o instrumental e mais ainda, os corais em uníssono que quase todas as músicas tem. Por isso, quero compartilhar aqui com vocês. Montei uma playlist no Rdio chamada Back to the 50's com 20 músicas, mas provavelmente eu deva incluir mais algumas depois, e claro que não poderiam faltar sucessos do verdadeiro rei, Elvis Presley

Se você também é amante de música antiga, aproveita a deixa e clica no play aí abaixo para viajar um pouquinho no tempo.



1. Poor Little Fool - Ricky Nelson
2. Up on the Roof - The Drifters
3. There Goes My Baby - The Drifters
4. Chances Are - Johnny Mathis
5. Blue Suede Shoes - Carl Perkins
6. Great Balls of Fire - Jerry Lee Lewis
7. You Send Me - Sam Cooke
8. Goodnight, Sweetheart, Goodnight - The McGuire Sisters
9. The Lion Sleeps Tonight - The Tokens
10. Splish Splash - Bobby Darin
11. Love Me Tender - Elvis Presley
12. Blue Moon - Elvis Presley
13. Tutti Frutti - Elvis Presley
14. Jailhouse Rock - Elvis Presley
15. Party - Elvis Presley
16. Can't Help Falling in Love - Elvis Presley
17. Always On My Mind - Elvis Presley
18. Whole Lotta Shakin' Goin' On - Jerry Lee Lewis
19. Butterfly - Charlie Gracie 
20. Ninety-Nine Ways - Charlie Gracie



Confira também as outras playlists que eu criei no meu perfil do Rdio e divirta-se. Clique aqui.
Bjs. Bom fim de semana.



#Playlist: 20 músicas para dançar loucamente

Oba! Mais um sábado chegou e fiz mais uma playlist para vocês cheia de músicas pop! Separei 20 músicas para dançar loucamente. E não poderia começar com música melhor: The Fox, de Ylvis. A música que tem o clipe mais bizarro e melhor de todos. Só de lembrar morro de rir. :)
Dessa vez, fiz uma capinha bem tosca e engraçada para a playlist, então vou colocar a lista de músicas abaixo. :)

Vai, dança!!!


1. The Fox (What Does The Fox Say?) - Ylvis
2. Problem - Ariana Grande
3. Happy - Pharrell Williams
4. Safe and Sound - Capital Cities
5. Hey Brother - Avicii
6. Katy Perry - Unconditionally
7. Birthday - Katy Perry
8. Applause - Lady Gaga
9. Where Have You Been - Rihanna
10. We Found Love - Rihanna
11. Neon Ligths - Demi Lovato
12. Wild - Jessie J
13. Lights - Ellie Goulding
14. Work B**ch - Britney Spears
15. Get Lucky - Daft Punk feat. Pharrell Williams
16. Fancy - Iggy Azalea
17. I Fink U Freeky - Die Antwoord
18. Hard Out Here - Lily Allen
19. Sorry For Party Rocking - LMFAO
20. I Could Be The One - Avicci vs. Nicky Romero

 funny dancing gif


Confira também as outras playlists que eu criei no meu perfil do Rdio e divirta-se. Clique aqui.
Bjs. Bom fim de semana.



#Playlist: Trilhas de Novela

Quem aqui é noveleira? Sou daquelas que comentam a novela pelo Twitter. ALOCA! Hoje a playlist é especial para quem não perde uma novelinha. Separei algumas trilhas de novelas recentes, como Amor à Vida e Em Família, Geração Brasil (não perco um capítulo!), e claro, as novas Império e O Rebu, que estão cada vez melhores.




- B Ô N U S -
É claro que não poderia faltar o tema de abertura de Império, que está dando o que falar. A música Lucy In The Sky With Diamonds, de The Beatles é interpretada por Dan Torres, ex-participante do programa Fama (não tem ainda no Rdio). Aposto que todo mundo canta junto quando começa e quando termina a novela. *.*



O que dizer desse Chay Suede que mal conheço e já considero pacas? HUAHUAHU *.*



Bjs, bom final de semana. 



Playlist para um sábado animado

Oba! Mais um fim de semana chegou e aí? O que você vai fazer hoje? Vai ficar em casa de buenas? Às vezes, pego o sabadão para dar uma geral no meu quarto, jogar fora algumas coisas, separar roupas e sapatos para doar, e organizar outras coisas. E nada como fazer tudo isso ouvindo umas boas músicas.

Preparei uma playlist para um sábado animado mesmo que dentro de casa arrumando a bagunça. \o/ 

Aperta o play!






Blogagem Coletiva: A primeira vez que ouvi minha banda favorita


Antes de começar, quero explicar esse negócio de Blogagem Coletiva. Há um tempo eu nem sabia que isso existia. Mas, fuçando uns blogs dias atrás, descobri o Rotaroots, um grupo de amigos blogueiros que incentivam a "escrita livre e cagações de regra, além de resgatar a velha motivação de compartilhar situações e fatos cotidianos como nos velhos tempos". O grupo no Facebook bomba e é super organizado. Todo começo de mês são divulgados alguns temas para que os blogs publiquem suas respectivas impressões sobre tal assunto e então, compartilhem para que todos possam ler. Além disso, tem muita coisa legal rolando no grupo do Facebook. Para saber mais sobre o Rotaroots, clique aqui. Esse mês o tema da Blogagem Coletiva é "A primeira vez que ouvi minha banda favorita". Então vou contar aqui para vocês como foi. :)


Eu tenho várias bandas favoritas. É impossível gostar mais de uma coisa só. Não vai dar para seguir ao pé da letra o tema, porque não faço ideia quando foi a primeira vez que ouvi minha banda favorita. Mas vou contar sobre uma banda que fui ao show pela primeira vez e marcou bastante. E já falei sobre esse dia memorável um pouquinho aqui.

Em 2012 fui ao show do Foo Fighters no festival Lollapalooza, em São Paulo. Foi o último show da última noite. Como se trata de um festival, tem várias bandas, várias coisas para se fazer, olhar, curtir, comprar. Demos várias voltas, comemos alguma coisa por lá, pizza e hambúrguer, se não me engano, bebemos refrigerante (nessa época eu ainda tomava refri!!!) e água e sentamos na grama em frente ao palco (não colado lá na frente, mas num lugar ótimo!) que Foo Fighters tocaria mais tarde, bem mais tarde, porque ainda eram umas 14h, sei lá. O sol estava como?



Assistimos naquele palco Ritmo Machine (o final, acho!), Marcelo Nova e O Rappa (já começou a SUPER ENCHER!!!!!). Aí nos levantamos, porque era impossível ficar sentado. E desde então, desde às 16h ficamos em pé. Até o final do festival, pra lá de meia noite. Foi como uma prova de resistência do Big Brother Brasil. Não dava para fazer xixi, não dava para beber água, não dava para sair dali para comprar água. E imagina eu com meus 1,55m na multidão, com pouco ar circulando no meu campo de visão... Quando pensávamos que estava para começar o show do Foo Fighters, entrou TV On The Radio. Putz... Sem criticar os caras, mas eu queria ver FF, e estava muito cansada... Foi um martírio ficar ali assistindo outro show. Mas venci.




E quando começou pra valer o show do Foo Fighters, a adrenalina tomou conta do corpo, que pelo amor de Deus, cadê o cansaço? Sumiu! Eles começaram com All My Life. Foi aquela onda humana pra lá e pra cá, Paulo estava atrás de mim, e de repente, cadê? Sumiu! Nossas mãos se soltaram e daqui a pouco vi ele de novo. Era um misto de medo e alegria. Vou morrer pisoteada aqui!!! A dor no joelho, nas pernas, sumiram também, nunca pulei tanto na minha vida. Até me emocionei algumas vezes. Uns preferem uma balada lotada e ficar dançando até altas horas, eu já prefiro um show épico de rock pra sair sem voz.


Enfim, o show foi mais que magnífico e valeu todo o esforço. E gostaria muito de repetir a dose. Alguém aqui estava lá também?

Eu com cabeça raspada locona 





Especial Michael Jackson ♥


Já são cinco anos sem Michael Jackson, o Rei do Pop. Apesar das polêmicas, Michael sempre foi muito adorado e recentemente até surgiram boatos que ele estaria vivo. O que importa é que ele sempre estará vivo em nossos corações. Michael Jackson deixou milhares de hits, reuni alguns em uma super playlist para você passar a tarde toda ouvindo e relembrando as inúmeras fases do rei. :')























Música boa para a tarde toda! 




#sddsReiDoPop




Facebook

Publicidade