Vinil quadrado? Existe sim! Conheça o trabalho do Sesper

quinta-feira, outubro 19, 2017

Foto: Aspen Plummer
Já reparou que o mercado de vinil está cada vez maior hoje em dia?

Vamos relembrar um pouquinho umas coisas... Você é da época do vinil? Quando eu era criança via meu pai sempre mexendo em seus bolachões, como era gentilmente chamado o vinil pelos mais velhos. Eu ouvi muita música country, trilha sonora de novela da Globo, samba enredo, Topo Gigio e Beatles (nos compactos, aqueles 7"). Mas eu também tinha os meus discos: Eliana - Os Dedinhos, Xou da Xuxa, Trem da Alegria, Cantigas de Roda, Atchim e Espirro, pelo menos os que eu lembro.

Então teve um tempo que os vinis começaram a desaparecer, dando lugar aos CDs. Era incrível levar um case recheado de CDs e seu disc man para ouvir nas excursões. Mas só era feliz quem tinha um aparelho antischok. Aí, o MP3 veio causando com a galera e a tecnologia se instalou. Tantas épocas e transformações para voltar ao começo. É como um ciclo. O vinil ressurge das cinzas e o mais engraçado é que quem vem procurando mais pelo bolachão são os jovenzitos.

Foto: Kai Oberhäuser
Mas voltando ao título do post: você já viu vinil quadrado? Eu não, até conhecer o projeto do Alexandre Cruz 'Sesper' (ou Farofa), vocalista da banda Garage Fuzz.




O cara produziu o próprio disco. Além de gravar os instrumentos, a capa e o disco são obras de arte, pois faz colagens, sobreposições, misturas de materiais e grafites diferentes. Nenhum disco é igual ao outro. Não é incrível? São compactos, vinis menores de 7", e agora de 10" também. Apesar de quadrado, a trilha ainda é no formato circular. Os discos foram prensados na Europa e limitados a 130 cópias, todas elas numeradas e assinadas. Veja abaixo o vídeo da produção dos discos.


Sesper comentou em algumas entrevistas que é uma técnica que ele já domina há um tempão quando fazia cartazes, flyers para shows de hardcore e punk. Ele também já expôs suas artes em galerias.

Arte: Sesper
Arte: Sesper
Arte: Sesper
Alexandre Cruz 'Sesper' - Foto: Reprodução/Facebook
Quem curte esse universo dos vinis e quiser conhecer o trabalho do Sesper, tem no site Outprint.

Bjs.



1 comentários

Obrigada pela visita! Seja sempre bem vindo (a) aqui no Feufolândia. Vou adorar ler e responder seu comentário.
Clique em "Notifique-me" para receber a resposta do seu comentário por e-mail.

Obs.: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se! Quero saber com quem estou falando. :)

Facebook

Flickr