Tattoo Choker? Eu usei nos anos 90!

Se você, assim como eu, também passou a infância nos anos 90, provavelmente tenha usado a famosa Tattoo Choker.

Pra quem não sabe, Tattoo Choker nada mais é do que o "colar tatuagem" ou ainda coleirinha. Sim, nós chamávamos também de coleira.

Eu, com uns 9 ou 10 anos.

Olha aí eu com a tal Tattoo Choker. Eu deveria ter mesmo uns 9 ou 10 anos nessa época. Agora se você está se perguntando porque eu estou com essa blusinha de paetês, é simples, vou explicar.
Dá para ver que é uma foto de estúdio, né? Pois então. Meu colégio tinha uma parceria com o Studio Zoom, um famoso estúdio de fotos de Santos (não sei se ainda existe). Eles sempre estavam na escola tirando fotos das crianças; as mães que quisessem uma foto legal era só pagar depois. Eu e minha prima sempre, mas sempre estávamos tirando foto, porque nossas mães queriam. A mãe da minha prima era coordenadora do colégio na época, e aí não sei se ficava mais fácil para tirarmos as fotos (acho que sim!). A moça me colocou essa blusinha horrível, que eu lembro até hoje que ficava caindo, pois não era meu tamanho. E penteou meu cabelo desse jeito. 

E claro, eu não tirei a coleirinha porque eu era fascinada por isso. Ia pra escola com ela sim, de uniforme, porque era cool e combinava. Era lindo! 

Ano passado, em abril, eu fiz um post de top 5 cafonices dos anos 90 que eu usei. E o colar tatuagem tá lá, no top 1. E eis, que de repente, do nada, surge a moda novamente. 



Cata as blogayras usando já! 

Pelo que vi em alguns sites de street style, muitas meninas de fora já usam faz tempo. Mas no Brasil, a moda voltou praticamente agora. Acho brega? Acho! Condeno? Não. Mesmo achando brega, considero que algumas meninas seguram muito bem a tal coleirinha. Não acham? Já digo, não vou relembrar minha infância não aderindo à Tattoo Choker, só olhando as fotos antigas mesmo. ;)


E você? O que acha da moda do colar tatuagem? Vai usar? Já tá usando?
Bjs.


Desafio 52 semanas: #11 Meus brinquedos preferidos na infância...

Esse tema do Desafio 52 semanas veio bem a calhar no mês de outubro. Mas eu já vim aqui no blog falar meus brinquedos preferidos na infância. Clique aqui se você ainda não viu. Hoje então, vou falar sobre as brincadeiras, não sobre um brinquedo específico. Tenho que listar cinco!

Ilustração: Rodrigo de Oliveira / MdeMulher

1- Esconde-esconde
Quem nunca brincou de esconde-esconde não foi feliz na infância. Eu morava num prédio e a garagem era o playground para a criançada. Nos escondíamos entre os carros, atrás das pilastras, nos fundos do prédio, mas só valia ali na garagem. Era tão legal. :)

2- Pega-pega
Essa é outra clássica. Não gostava muito não, pois eu sempre era pega hahahaha A mais baixinha da turma, não conseguia correr tanto.

3- Morto-vivo
Eu e minha prima brincávamos de morto-vivo principalmente quando íamos em alguma festa na casa da tia. Todos os adultos ficavam lá conversando até altas horas e tínhamos que nos virar para não ficar entediadas.

4- Estátua
Também adorava brincar disso. Geralmente eu ganhava. hahahaha Era uma outra brincadeira para as festas chatas de adultos.

5- Chefinho mandou
"Chefinho mandou! Fazer o quê?" A melhor brincadeira de festas chatas. Importunávamos os adultos para dar o que o chefe tinha pedido. Era alguma nota de dinheiro específica, meia da cor tal, óculos, até cigarro ou isqueiro. Vê se pode.

Poderia citar mais um monte: batata-quente, cobra-cega, queimada, elefantinho colorido, corre cotia, amarelinha, cinco marias, stop, forca, dança das cadeiras, cama de gato, pula elástico, passa anel, telefone sem fio... e muitas outras.

Do que você mais brincava quando era criança?
Bjs.


5 programas que marcaram minha vida

O Rotaroots (o melhor grupo do Facebook hahaha) preparou vários temas suuuuuper legais para o mês de agosto. Vou começar com o meme 5 programas que marcaram minha vida. Preparem-se para mergulhar na nostalgia da minha infância/adolescência.

Ah, se você quiser ver os temas do mês de julho, clique aqui.


1. Topa Tudo Por Dinheiro
La, la, la, la, hey! La, la, la, la, hey! Silvio Santos vem aí, olê, olê, olá! Sem dúvidas, o programa que mais marcou minha vida. Assistia todos os domingos com minha mãe. O melhor programa de auditório dos anos 90. Hoje, o Programa Silvio Santos é super diferente, é claro que o mestre continua causando, mas o Topa Tudo Por Dinheiro era especial por vários fatores: as câmeras escondidas (até hoje reprisam umas dos anos 90), "Vamos topar tudo por dinheiro no palco, vamos!" - onde acontecia as melhores brincadeiras do programa e as pessoas ganhavam R$ 80 reais de prêmio de participação, a senhorinha que ia a todos os programas e tinha a melhor risada do mundo, brincadeiras com a platéia do tipo martelar o prego, o pin, quebrar o ovo na cabeça, e um auditório lindo com todas as "colegas de trabalho" do Silvio. Um episódio que não dá para esquecer é do Moisés que foi topar tudo por dinheiro no palco, mas não conseguia entender de jeito nenhum a brincadeira. Se você não lembra, veja aqui.



2. Chiquititas
Eu amava Chiquititas e comprei todos os CDs na época. E quando entrava o clipe no meio da novela: "Não me diga mentirinhas, dói demais..."? Adorava cantar junto! A minha Chiquitita favorita era a Mili (Fernanda Souza) a mocinha e boazinha. No começo, só moravam meninas no orfanato, e depois que entraram os meninos, o meu favorito era o Mosca (Pierre Bittencourt). Você também assistia? Lembra o nome de todos personagens? Desses da foto eu até lembro: Cris, Rafa, Bia, Mili, Carolina, Pata, Mosca, Vivi, Julio, Binho, Ana, Fábio, Maria, Thiago, Tati. Achei um vídeo com todas as aberturas da novela entre 1996 e 2003. Veja aqui. Ah, eu sabia a coreografia também... :)



3. Bom dia & Cia
Quem se lembra do programa Bom dia & Cia com a Eliana, o Computador Flitz e o boneco mega esquisito Melocoton? Eliana sempre entrava no ar cantando uma de suas músicas, tipo aquela: "Põe a mãozinha pra frente, põe a mãozinha pro lado, põe a mãozinha pra frente, balanço ele agora, eu danço pop pop, eu danço pop pop, eu danço pop pop, assim é bem melhor". Não era incrível acordar com essa música? hahahahah Achei um vídeo com uma abertura do programa do SBT (porque depois ela foi pra Record e eu assistia também!) que diz ser de 1994, uau! Veja aqui. Ah, e também tinha os trabalhinhos artesanais que ela ensinava com a tesoura seeeem ponta!!! Isso era programa, não esse Bom dia & Cia novo aí que dá playstation-playstation-playstation de presente. Hunf!



4. Chaves
Um clássico. Vou assistir até morrer. É um dos meus programas favoritos até hoje. Vira e mexe o Silvio Santos tira da grade do SBT, sem ao menos nos avisar, mas sempre que passa, eu assisto e o mais gostoso é assistir com meu pai porque ele ama tanto quanto eu. Adoro o humor bobinho do Chaves e todos os bordões e poses e piripaques do Chaves, e episódios clássicos como o de Acapulco ("...boa noite meus amigos, boa noite vizinhança..."). Vocês também gostam? Acho difícil encontrar alguém que não goste de Chaves...



5. Disk MTV
Nessa época eu já era adolescente. Chegava da escola e a primeira coisa que fazia era ligar a TV para ver Disk MTV com a Sarah, e ouvir minhas músicas favoritas que estavam nas paradas. Gostava muito da Sarah, ela era uma ótima VJ e me parecia mais a vontade do que os outros VJs que vieram mais tarde, ela parecia fazer aquilo mais naturalmente. As músicas mais tocadas da época que eu lembre agora eram Behind Blue Eyes (Limp Bizkit), Numb (Linkin Park), Wake me up when september ends (Green Day), My Humps (Black Eyed Peas), Rich Girl (Gwen Stefani), Hey Ya! (Outkast), Sk8er boi (Avril Lavigne), Equalize (Pitty), Um minuto para o fim do mundo (CPM22) e tantas outras...


Este post é um dos temas sugeridos pelo Rotaroots.


Quero saber quais são os programas que marcaram a vida de vocês. :)
Bjs.



Tag day: 10 brinquedos preferidos da infância


Hoje o Tag day vai ser bem nostálgico... Vou contar quais foram meus 10 brinquedos preferidos da infância. =')

1. Barbie: Tive muitas bonecas Barbie, acho que eram os meus brinquedos favoritos. Devo ter brincado com elas até uns 11 anos. Depois doei tudo para uma creche. =') As que eu lembro bem são a Barbie Dentista, a Barbie que falava não sei quantas frases diferentes, Barbie ginasta que vinha com fita K7, Barbie com um vestido de princesa cheio de borboletas com imãs, e algumas outras que não achei foto no Google, mas também tinha a Susi Colegial. Ah, e claro, fora os acessórios, o banheiro, a lavanderia, cozinha, quarto, carro, moto... Que saudaaadeees!!!!

2. Patins: Ganhei meu primeiro patins com cinco anos, era um modelo parecido com esse aqui, você usava com seu próprio tênis e amarrava os cadarços do patins por cima, os breques eram na frente e também tinha uma regulagem para aumentar conforme o tamanho que calçava. Era rosa e branco. Mais tarde, ganhei um patins inline rosa e preto e usei até não servir mais e ficar bem gasto. Depois meus pais compraram um que tinha duas rodas apenas, como se fossem duas bolotas. Era parecido com esse aqui, mas cinza e preto. Esse também usei até estourar quase hauahauhah E depois de velha, voltei a andar (um pouquinho) e comprei um mais moderninho. Esse aqui.

3. Bicicleta: Bike é muito legal... Aprendi a andar como toda criança, com as rodinhas laterais. E cada vez que ia me sentindo segura, pedia pro meu pai tirar uma das rodinhas, até que sem perceber, já estava me equilibrando e não precisava mais usar as rodinhas.

4. Jogos de tabuleiro (Detetive, Banco Imobiliário e Jogo da Vida): Todos esse jogos ganhei da minha tia, e apesar de ser filha única, seeeempre brincava com meus pais e primos. Os tabuleiros já estão todos esfolados e são daqueles antigões. Já fui magnata, tive trigêmeos, já matei gente, descobri muitos mistérios e perdi todo meu dinheiro madrugadas a fio... =')

5. Tecladinho: Ganhei um tecladinho dos meus pais quando fomos até o Paraguai (tinha uns 4 anos), e apesar de não ser exatamente um brinquedo, eu via assim. Até que fiquei mais velha, me empolguei e comecei a fazer aulas de teclado. Fiz por três anos e até me apresentei para o público. Foi uma época bem legal na adolescência.

6. Tamagotchi: Claro que não poderia faltar o "bichinho virtual" nessa lista. Hoje em dia tem o tal do Pou (que até já joguei bastante), mas nada se compara ao famoso Tamagotchi dos anos 90. Devo ter tido uns três, lembro das cores: vermelho, amarelo e verde. Se eu não cuidasse bem dele, virava um diabinho, mas também poderia virar um anjinho, agora não lembro a causa mortis. hahahaha

7. Videogame portátil com 9999 jogos: Esse também era uma febre e na verdade só tinhas uns 10 jogos no máximo. Depois repetia, era meio bizarro. Nunca fui fã de videogames, mas esse portátil do camelô era muito legal. Lembra?

8. Cara Maluca: Esse era super legal. Eu geralmente tinha brinquedos que dessem para jogar sozinha. O Cara Maluca consistia em tirar uma cartinha e montar a cara que estava desenhada no suporte em um determinado tempo. Se não terminar no tempo certo, a cara vinha pra frente (num susto!) e caía tudo... Pra quem não lembra, é esse aqui.

9. 60 Segundos: Era um dos mais legais que eu tinha porque também dava susto. Você tinha um monte de pecinhas que deveriam ser encaixadas nos seus devidos lugares, se não completasse em 60 segundos, a estrutura vinha com tudo pra cima e te dava o maior susto! É esse aqui.

10. Boneca Meu Bebê: Ganhei essa dos meus pais quando fiz 5 anos. E brinquei um bocado com ela. Minha mãe guardava um montão de roupinhas minhas de quando era bebê e eu pegava para usar na boneca. É essa aqui.


~ Infância volte! ='( ~





Top 5 - Cafonices dos anos 90 que eu usei

Esta semana publiquei aqui no Feufolândia sobre o #DesafioPrimeira do blog Primeira À Esquerda, um blog que não conhecia ainda, mas já considero pacas. hahahaha Sério, gostei muito das fotografias da Luh e tem um post lá que me chamou atenção: Top 5 - Cafonices dos anos 90 que eu usei.
A Luh é de 1986 e eu de 1989, assim como ela disse, vivemos os anos 90 e suas breguices maravilhosas. Tenho muita saudades daquela época, a época da minha infância.

Também fiquei com vontade de listar aqui as cinco coisas cafonas que eu usei nessa década maravilhosa. Vamos lá para o micão.

1. Colar tatuagem 


Se você também viveu a infância nos anos 90 tenho certeza que usou o famoso colar tatuagem. Gente, todas as meninas usavam essa praga. Era lindo!

2. Tamanco com salto de acrílico


Quando comecei a usar "salto" lembro de comprar um tamanco de acrílico ma-ra-vi-lho-so. Não era alto, e lembro que em cima (na tira) era prateado com uns strass grudadinhos. Fazia um barulho ridículo para caminhar, mas era moda. Infelizmente não achei um igual, a altura do salto era parecida com a da primeira foto.

3. Anel do humor


Outro acessório que era indispensável na sala de aula. Porque era real, meu!!! Mostrava mesmo como estava o humor da pessoa. hahahahaha Acho que tive uns 3 ou 4 desses. Apesar de ser bem breguinha, tô até com vontade de usar de novo.

4. Bico de pato


Ainda existe isso. E eu usei quando era criança. Que coisa horrenda. Quando meu cabelo ficou comprido (usei chanel boa parte da infância) para prender usava o bico de pato. E tinha vários, com estrelinhas vazadas, corações, prata, preto, dourado, etc, etc, etc. Aff... Ele machucava um pouco, pois puxava o cabelo, mas continuava usando.

5. Pulseiras de bolinhas


Essas pulseiras de bolinhas também eram uma febre na escola. Tinha menina com 500 mil pulseiras (de várias cores) num braço só. E havia trocas também. A mais cobiçada era a preta. Eu cheguei a usar preta, rosa, azul... As bolinhas poderiam ser de madeirinha ou tipo de um vidrinho, sabem?



E vocês? São dos anos 90 também? Quais coisas bregas já usaram?




Facebook

Publicidade