Dica de livro: O menino do pijama listrado, John Boyne

segunda-feira, fevereiro 02, 2015

Certa vez, li um comentário que dizia mais ou menos o seguinte sobre O menino do pijama listrado: uma temática tão forte e profunda vista através dos olhos de uma criança, envolvida pela inocência e contrastando com toda a realidade daquela época. John Boyne toca e corta nosso coração. É impossível não se emocionar...


O menino do pijama listrado se passa na época do Holocausto (o assassinato em massa de milhões de judeus, durante a Segunda Guerra Mundial). "Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz ideia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga."

"Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável."


Essa minha versão do livro, comprei nas revistinhas Avon, e é aquela versão econômica, sem as abinhas, com capa mais simples. Se não me engano, o livro original tem uma capa áspera e folhas amareladas como de costume. Mas não é nada de mais, viu! Quem quiser comprar os livros que vem na Avon, as histórias são na íntegra!

Primeiramente, eu vi o filme e confesso que na época não tinha conhecimento do livro. O filme também tem muito do ponto de vista de Bruno, mas é claro que no livro isso é bem mais evidente. O filme é tão comovente quanto, porque você vê tudo, né? Essa época foi desastrosa para o mundo. Chorei litros assistindo ao filme, mas com o livro fiquei apenas emocionada. Conseguia linkar as imagens na minha cabeça. O livro tem coisas diferentes aqui e ali do filme. Vale a pena ler o livro e ver o filme, pode apostar.

Esse assunto sobre os campos de concentração da guerra me arrepia toda vez que eu vejo algum relato, posts, documentários, mas ao mesmo tempo tenho muita curiosidade. Essas histórias precisam ser contadas, mesmo que sejam tão dolorosas. Meus próximos livros sobre o assunto são: O Diário de Anne Frank, Depois de Auschwitz, Baú de lágrimas e A Bibliotecária de Auschwitz.


E você? Já leu O menino do pijama listrado?
Bjs.



3 comentários

  1. o livro deve ser ótimo, eu só vi o filme e adorei!

    www.tofucolorido.blogspot.com
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Parece bem interessante a narrativa. Eu li na adolescência O Diário de Anne Frank, e cheguei a apresentar um trabalho sobre o livro.

    Bjos,
    Mony
    Um blog sobre esmaltes & beleza.

    ResponderExcluir
  3. Já assisti o filme, quero ler o livro para entender melhor rs. Mas a história é triste, também chorei mt quando assisti o filme :/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Seja sempre bem vindo (a) aqui no Feufolândia. Vou adorar ler e responder seu comentário.
Clique em "Notifique-me" para receber a resposta do seu comentário por e-mail.

Obs.: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se! Quero saber com quem estou falando. :)

Facebook

Flickr