Desafio 52 Semanas: #34 Livros que eu acho que todo mundo deveria ler

Li poucos livros até agora, mas os poucos que eu li, recomendo! Veja 5 deles:


1. Extraordinário, R. J. Palacio
Já falei isso aqui e friso: todo mundo deveria ler. É um livro leve, com uma linda história sobre amizade, amor ao próximo e tudo mais de lindo.

2. Memórias de uma gueixa, Arthur Golden
Faz tempo que li esse e até quero ler de novo. Lembro que gostei muito por se tratar da história de uma gueixa. Nunca soube exatamente o que era uma gueixa e no livro entendi tudo. O livro conta a vida da menina Chiyo, que se torna gueixa, e vamos conhecendo todo esse estilo de vida, costumes, aprendizados, delicadeza... Ela estuda dança, arte... Assim, vamos compreendendo que gueixas não são prostitutas, o que muitos pensam. Se você tem interesse nessa cultura japonesa, é uma boa pedida. Tem filme também!

3. A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista, Jennifer E. Smith
Um livro doce, leve, que dá pra ler em "dois tempos". Só que eu li de pouquinho em pouquinho para não acabar logo. Dois jovens se apaixonam num período de 24 horas. O amor tem dessas coisas, quatro minutos podem mudar muita coisa. Falei dele aqui ó!

4. A Cidade do Sol, Khaled Hosseini
O mesmo autor do best seller O Caçador de Pipas. A Cidade do Sol é um romance lindo sobre amizade e amor, é triste, faz chorar, mas ao mesmo tempo é surpreendente e te faz refletir sobre a vida.

5. Comer, Rezar, Amar, Elizabeth Gilbert
Já vi muitas pessoas achando o livro um pouco massante, mas eu achei ótimo! Adoro as histórias da Liz que sai pelo mundo (Itália, Índia e Indonésia) para encontrar o seu eu interior. Gostei tanto que estava louca para acabar a história e ver o filme. E foi assim: acabei a última página e comprei o filme no Now. hahahaha No filme, quem interpreta Elizabeth Gilbert é a linda Julia Roberts. Adorei a atuação. Como eu já sabia que era ela quem fazia o filme, ficava imaginando nas cenas do livro, deu super certo.


Quais livros você sempre recomenda aos amigos?
Bjs.



Tag: Não Provoque (da Ana Paula Buzzo)

A Ana Paula Buzzo, do Não Provoque, é uma das minhas blogueiras favoritas. Pra quem não conhece, além do blog, ela também mantém um canal no Youtube. Dia desses, ela criou uma tag com o nome do blog e pediu para que respondêssemos. Mãããs, como eu não tenho canal, não faço vídeos, resolvi participar postando aqui mesmo. Vamos às perguntas!



1. Você é calmo ou estressado?
Sou calma. Mas todo mundo tem seus dias de estresse. Isso é normal. Fico um pouco estressada na TPM.

2. O que tira você do sério?
Pessoas folgadas... Nossa, acho que isso é o que mais me tira do sério!!! Só de lembrar de algumas situações...

3. O que a sua família faz que te deixa irritado?
Ah, sei lá. Não tem muito isso. Eu ainda moro com meus pais, e quando saio, por exemplo, sempre ligo do lugar, ligo quando cheguei, tudo isso. Sempre dou satisfações, afinal, sou filha única, acho que consigo entender o lado dos meus pais, principalmente da minha mãe, que fica mais preocupada. Mas, todo mundo tem seus esquecimentos de vez em quando. Aí quando eu esqueço de avisar alguma coisa, já viu. Ela fica toda nervosa, isso me deixa um pouco irritada... Calma, to bem, só esqueci de avisar, passou.

4. Por qual motivo você e seu namorado(a) mais brigam?
Paulo e eu quase nunca brigamos ou discutimos.

5. Já brigou com seus amigos?
Não sou de brigar, gente. Sou uma pessoa calma, como disse aí em cima. Por exemplo, na faculdade, nos grupos de trabalhos, houve muita briga. Mas não comigo. Entre outros integrantes. Eu sempre me dou bem com tudo mundo e as ideias nunca conflitam.

6. O que mais te incomoda na internet?
Vou dar um exemplo nas redes sociais: eu odeio que compartilhem vídeos de animais, idosos, crianças sendo maltratados. Meu, pra quê postar isso, sério? Ou dou block logo, ou coloco para não ver mais.

7. Já brigou/bateu em alguém?
Que eu lembre nunca briguei feio com alguém, nunca bati também.

8. Qual foi a sua última briga/discussão? E por qual motivo?
Não vou dar detalhes, né? Mas foi com minha mãe, foi uma discussão pelo Messenger do Facebook, por causa de pessoas folgadas. hehehehe


É isso aí! Sou calminha, mas é tipo aquele ditado, se pisar no meu calo... :)
Bjs.



Desafio 52 Semanas: #33 Tenho medo de...



1. Acontecer um apocalipse de qualquer natureza
Ao mesmo tempo que eu gostaria que acontecesse, pra ver como seria tudo e comparar com os filmes de "fim de mundo", também morro de medo de ficar na pior, e se for de zumbis, com certeza, viraria um facinho.

2. Confusão em shows
Poderia falar baladas também, por ser em espaços pequenos geralmente. Mas vou mais em shows mesmo. E os showzinhos aqui pela cidade são em casas pequenas também, entra pela mesma porta, sai pela mesma porta... Não dá medo? Além das confusões que sempre podem acontecer por causa de algum sujeito mal intencionado, outras coisas também, como acidentes, ai, sempre penso naquela tragédia da Boate Kiss, no sul do Brasil. :(

3. Elevadores antigos
Acho que já comentei aqui o meu pavor por elevadores antigos, principalmente aqueles de madeira por dentro, que fazem barulhos horríveis, não param direito nos andares, e se mais alguma pessoa entrar, ele não sobe nem desce. Aff.

4. Aranhas
Poderia falar barata, mas barata não é bem medo, é nojo, asco, repugnância, aversão, ojeriza, aflição. Agora aranhas... mesmo aquelas fininhas, pequenas, eu tenho medo, porque aranha morde, pô! E fica um machucado feio, é super perigoso, imagina as grandonas? Aqui no quintal aparecem algumas marronzinhas todas pintadinhas com suas teias enormes, nossa, passo longe!

5. Ser assaltada
Sou meio medrosa para sair sozinha, quase nunca isso acontece... Morro de medo de ser assaltada.


Do que você tem medo?
Bjs.



Quando criança, eu tinha medo de...

Criança se impressiona fácil com tudo! Seja um filme de terror, o Papai Noel, o palhaço, um inseto, alguma frase que o adulto fale... Quando criança, eu tinha medo...


1. Da mariposinha de banheiro
Também conhecida como Mosca-de-banheiro. Nessa foto aqui, ela parece bem mais assustadora, porque está aproximada. O fato é que quando eu era criança, morei num apartamento e quase não tinha insetos, uma barata de vez em quando (já que era 1º andar), mosquitos, formigas, moscas...e essas mariposinhas de banheiro, que ficavam, geralmente, grudadinhas no vidro do box. Eu morria de medo delas, porque se a gente ameaçasse a matar, elas queriam se vingar e vinham pra cima. Sempre, mas sempre, chamava minha mãe para matar. Aí quando me mudei para uma casa, era ridículo! Tem muito mais inseto, tem inseto que eu nem sabia que existia e as moscas-de-banheiro passaram a ser "fichinha" perto de lacraias, por exemplo. hahahaha

2. Do Velho do Saco
Um clássico da infância. Alguns conhecem também como Homem do Saco. "Não faz malcriação porque senão o Velho do Saco vem te buscar!". E eu imaginava um velhinho bem feio mesmo, com barba gigante cinzenta, cara de mau, barrigudo, vestindo uma roupa velha e cinza e segurando um saco marrom nas costas cheio de crianças. AFF.

3. Do escuro
Eu só dormia no meu quarto com aquelas luzinhas vermelha, azul, amarela de abajur, sabe? E dormia com bichinho de pelúcia sim. Engraçado, né? Hoje, quanto mais escuro o quarto estiver, melhor eu durmo.

4. De barulhos suspeitos
Principalmente a noite. Quando tinha que fazer xixi? Levantava correndo e ia correndo ao banheiro e voltava correndo pra cama. Normal, né, aquela impressão que tem um monstro vindo atrás de você. Até hoje eu sinto isso, pior que agora, eu moro em um sobrado, e às vezes tenho que descer a noite, ou subir, apagar tudo, aí lá embaixo fica tudo apagado, subo as escadas correndo HAHAHAHA Que besta eu.

5. De fazer exame de sangue
Era um sufoco... Eu sempre chorava muito. Uma tortura, uma experiência horrível. Mas tudo ficava bem quando a gente (eu e minha prima) ganhávamos figurinhas do álbum da Barbie depois de sair da clínica. :)


E você? Tinha medo do que quando criança?
Bjs.



Desafio 52 Semanas: #32 Ainda quero aprender...

Foto feita com uma câmera digital antiguinha Canon Powershot A590IS.
Estava brincando de longa exposição, light painting...

1. Krav Maga
Não sei por que, mas coloquei na minha cabeça que queria aprender Krav Maga, sei lá, pelo menos fazer uma aula experimental. Pra quem não sabe, é um tipo de luta, que envolve torções, facas, bastões, golpes, meio defesa pessoal também... Não é louco? Imagina uma menina, de 1,55, com 49 kg lutando isso? HAHAHAHA Tenho um pouco de medinho, pra falar a verdade, mas muita curiosidade...

2. Manobrinhas de skate
Sou muito medrosa, e apesar de o meu skate não ser aqueles que o pessoal usa nas rampas, dá para brincar um pouco com ele, mas eu tenho medinho e só dou umas voltinhas.

3. Técnicas de fotografia
Quero fazer cursos de fotografia, aprender mais, saber usar câmeras melhores, diferenciar as lentes, e tudo isso...

4. Falar inglês fluente
O interessante seria vivenciar a língua em algum país... Acho que eu entendo bem, mas pra falar... meu cérebro é meio lerdo para formular o diálogo. Creio que se eu estiver no país mesmo, seria mais uma pressão para aprender na marra. Melhor do que cursinhos...

5. Dirigir
Juro que quero. Já tentei, já repeti, já larguei mão. Mas o fato é que eu preciso dirigir. Só que é um processo tão burocrático que dá até desgosto, fora o valor...


O que você tem vontade de aprender ainda? Algum item da minha lista?
Bjs.



Desafio 52 Semanas: #31 Quando não tenho nada pra fazer, gosto de...

Nina e eu

1. Cuidar de mim
Gosto de fazer esfoliação nos pés, hidratação, cuidar do cabelo, fazer as unhas das mãos e dos pés, sobrancelhas...

2. Dormir
Durmo muito fácil quase sempre... Se não tenho nada para fazer então e deito na cama, já era. Pego no sono facinho e vou até altas horas. Outro dia li uma matéria que dizia que "mulheres precisam de mais horas de sono para manter o bom humor". Acho válido! Concordo plenamente.

3. Assistir filmes
Quem não gosta né? Tenho um montão aqui para ver. Talvez o próximo seja Para Sempre Alice (Still Alice) que concorreu ao Oscar e Julianne Moore ganhou como Melhor Atriz. Mas também tenho O Grande Hotel Budapeste, Sniper Americano, Birdman... Já assistiram algum desses?

4. Ler
Como disse no último post, tenho lido bastante e tem me feito muito bem. Não consigo ir dormir sem pelo menos ler um capítulo do livro da vez. Ontem mesmo, acabei de ler A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista. Uma fofura de livro, venho contar o que achei num post depois.

5. Organizar o notebook
Adoro organizar minhas coisas. E no notebook não é diferente. Quando tenho um tempo livre, começo a arrumar desde os ícones, as pastas até os wallpapers. Ou então, vejo se os arquivos estão renomeados direitinho e padronizo tudo.

O que vocês costumam fazer quando estão de bobeira?


Ps.: Aviso às gateiras de plantão! Como muitos sabem, sou louca por gatos, tenho 11 em casa. Pretendo fazer um post de cada um deles, com várias fotinhos para vocês. :)

Bjs.



10 coisas que marcaram o colégio

Eu vivo relembrando minha época de colégio. Quando somos crianças ou adolescentes, vivemos reclamando pra todos os cantos como é chato ir pra escola. Mas o pior é que quando essa fase passa, a gente fica que nem boba lembrando e querendo que tudo volte.

Sempre estudei no mesmo colégio e as amizades eram praticamente as mesmas por longos períodos. Entrei no Colégio Integração com 2 anos e pouco e só saí de lá com 17 anos. Era uma escola e tanto, gostei muito de estudar lá. Muitas coisas marcaram o colégio, dentre elas...


1. A hora de comprar o material escolar
Era a parte mais legal de voltar pra escola. Eu adorava comprar aqueles estojos de lápis de cor da Faber Castell. Acabava acumulando de um ano pro outro, porque sempre comprava um novo, claro, todo ano era um lançamento: cores neon, aquarela, metálicas, ixi...

2. As aulas de ciências
Sempre fui muito fã da minha professorinha de ciências. Ela era uma fofa e ensinava muito bem as matérias. Em uma visita a um museu, decidi que queria ser bióloga. Aham, tá.



3. As excursões com a galera
Eu sempre fui muito, mas muito protegida pela minha mãe. A escola sempre fazia milhares de excursões, mesmo com os pequenos. Mas eu não podia ir... Eu só fui pra uma excursão do colégio com uns 14 ou 15 anos, pro ~extinto~ Playcenter.

4. As mentiras na Educação Física
Eu odiava fazer as aulas de Educação Física. A única coisa boa é que saíamos da sala de aula para irmos até a quadra. Mas eu sempre inventava uma desculpa para não participar, que geralmente era cólica hehehe. Nunca gostei de handebol, vôlei, basquete, sempre era muito desastrada nesses jogos. Eu gostava mesmo era de ficar de bobeira na arquibancada, esperando a hora passar. Era uma aula vaga pra mim. Ah, o único jogo que eu gostava era queimada.

5. As boladas de aula no Ensino Médio
Quem nunca teve uma aula chata no Ensino Médio? Encontrei uns CDs muito antigos com umas fotos da escola, e algumas delas eram da hora da bolada de aula hehehe. Não lembro bem que ano era, mas sei que o 2º ano foi um dos mais chatos e difíceis, então talvez seja do 2º ano mesmo. Eu e as meninas, bolávamos aula dentro da escola mesmo, tontas né? Não dava pra sair, era impossível, sério. Ainda mais que eu era sobrinha da orientadora, aí a inspetora me conhecia... Então, nós nos escondíamos em locais que quase não ia ninguém. E ficávamos lá a aula toda, conversando, fofocando, tirando foto...

6. O sono na aula
Sempre estudei a tarde, mas no Ensino Médio acabei indo pra manhã. Por um lado era bom, por ter a tarde livre, mas por outro... E o sono na aula chata de história? Não dava. Eu dormia mesmo.



7. As dancinhas da Educação Infantil e Ensino Fundamental
Eu dancei em praticamente todas as festas que tiveram até a 4ª série: festa junina, folclore, fim de ano, dia das mães... eu sempre participava de tudo. Era super legal fazer a roupa na costureira e depois encontrar as amiguinhas na hora do show com o mesmo figurino. Só que era engraçado às vezes, a costureira das outras meninas não entendia o que o papel pedia e sempre tinha alguém com a fantasia meio diferente.

8. Uniformes do colégio
Como disse, passei um bom tempo no mesmo colégio e assim, peguei várias fases de uniformes. Existia apenas uma loja que vendia os uniformes do Colégio Integração, ficava num shopping em São Vicente, em frente a praia, o Shopping São Vicenter (que agora foi reformado e virou Pátio São Vicente). Teve uniforme cinza mescla, azul céu, branco, azul escuro, de educação física, e os logos mudaram bastante desde que eu entrei lá. Hoje em dia, o tom azul escuro está mais predominante e o logo bem mais moderno.



9. Meu primeiro fichário
Até a 4ª série, tínhamos que usar um caderno para cada matéria, daqueles pequenos, capa dura, 100 folhas AND etiquetados AND encadernados com a cor do ano (por exemplo, a 4ª série era 4ª Verde). Imagina o peso que era carregar na mochila... Quando fui para a 5ª série, era permitido usar um caderno só, daqueles de 10, 15 ou 20 matérias, ou um fichário. Putz! Sempre quis usar fichário. Comprei um da Mormaii, ele era lindinho, feito de jeans e tinha um coração no centro. No começo, show. Depois... as folhas começavam a rasgar, era gente pedindo emprestado para copiar alguma matéria, e aí já viu. Virava uma zona. Usei fichário só na 5ª série. Da 6ª em diante, só caderno.



10. Cartinhas das amigas
Teve uma época do colégio, lá pela 5ª e 6ª série, se não me engano, que adorávamos trocar cartinhas. Às vezes, mandávamos pelo correio, o que era mais emocionante, outras vezes entregávamos umas às outras ali mesmo, na sala de aula. Tenho até hoje uma caixa repleta de várias cartinhas fofas. Os assuntos eram os mais variados possíveis: fofocas, músicas, filmes, garotos, aulas chatas, novelas...


O que mais te marcou no colégio?
Bjs.

Este post é um dos temas sugeridos pelo Rotaroots.





Desafio 52 Semanas: #30 Fico impaciente com pessoas que...

Com esse desafio 52 semanas até parece que eu sou uma pessoa chata... hahahaha É cada tema que aparece! Mas não sou chata não, tá? Só com algumas coisas, vai? Acho que é normal, todo mundo tem suas chatices, algumas pessoas em nível mais elevado, outras em nível mais baixo... Enfim. Vamos ver as coisas que me deixam mais impaciente.

1. Ouvem música altíssima mesmo com fone de ouvido
Você está do lado da pessoa, ela está com fone de ouvido escutando uma música, mas o volume está altíssimo. Gente, pode ser qualquer estilo, funk, rock, pop, mpb, falta de educação, vai?!  Pra quê? E outra, é prejudicial pra saúde.

2. São invejosas.
Não preciso falar nada. Isso não faz bem pra ninguém.

3. São negativas.
Isso é chato demais. Eu sempre procuro pensar positivamente, porque acredito que tudo o que pensamos volta. E ninguém quer que volte coisa ruim, né? Nós somos o nosso pensamento.

4. Me mandam fazer mil coisas ao mesmo tempo.
Peraí, qual é a prioridade? Tudo? Não, impossível. Alguma coisa deve ser mais importante. :)

5. Falam muito devagar.
Médico tem dessas, já viram? Tem médico que fala tão devagar que dá vontade de dar um tapa nas costas para ver se está engasgado hahahahaha Aí começam a explicar o problema.... ai que tédio!




O que deixa você mais impaciente com as pessoas?
Bjs.


5 filmes para o Oscar da minha vida

Adoro filmes! Procuro sempre ir ao cinema, mas quando não dá vejo pela internet mesmo ou na televisão, se tiver passando algum bacana. Sou daquelas de ver filmes repetidos sim, principalmente se for de comédia e se eu estiver assistindo com meu pai (Professor Aloprado e Mr. Bean são bons exemplos de risadas garantidas junto com meu pai - acabo rindo mais dele do que do filme).

Tenho muitos filmes favoritos, mas sempre um estará no topo de qualquer lista, que é... "Branca de Neve e os Sete Anões". O exercício do Rotaroots dessa vez é listar os 5 filmes para o Oscar da minha vida. É claro, que não poderia deixar de fora meu amado filme da Disney.


1. Branca de Neve e os Sete Anões (Snow White and the Seven Dwarfs)



Por que é tão importante pra mim? É uma das coisas mais vivas que eu tenho na memória do tempo de criança. Assistia Branca de Neve muitas e muitas vezes na semana. Minha prima levava a fita VHS dela de O Rei Leão, mas Branca de Neve sempre ganhava, porque afinal, "estamos na minha casa, e é o filme mais legal". Claro, depois víamos O Rei Leão, porque é lindo também. Eu sei todas as falas, eu sei as musiquinhas, às vezes me pego cantarolando depois de adulta mesmo, sabe? Posso ser uma boba, mas é mesmo o meu filme favorito. Não vai superar nenhum! Gente, Branca de Neve, pra quem não sabe, é super antigo, é um filme de 1937 (!!!) e foi o primeiro longa metragem de animação dos estúdios Disney, o primeiro em cores, o primeiro clássico!!! Não é para ser incrível mesmo? =')


2. Diário de uma paixão (The Notebook)



Acho que foi o primeiro filme de romance que vi sozinha, e sem dúvidas, o primeiro que desabei a chorar que nem um bebê. Um dos filmes mais lindos que eu já vi na vida. Adoro a história do casal, e mais ainda, adoro o jeito como é contada, que é justamente o que me surpreendeu na primeira vez que assisti. É, sem dúvidas, um filme que tem que estar no Oscar da minha vida.


3. À Procura da Felicidade (The Pursuit of Happyness)



Eu gosto muito desse filme. Toda vez que passa na TV, eu paro pra ver. É um filme de fazer chorar também, e é um filme com base numa história real. E isso é bom. Gosto ainda pelo fato de que Will Smith atua com o próprio filho Jaden Smith, o que deixa tudo mais real. O filme conta a história de Chris Gardner que enfrenta uma série de dificuldades financeiras e faz de tudo para criar seu filho. Ele tenta vender aparelhos médicos, mas quase ninguém compra, por serem ultrapassados e muito caros. Consegue uma vaga de estágio em uma grande corretora de ações, mas não é remunerado, e por isso, sua vida vira de ponta cabeça, quando é despejado de casa, tem que dormir em estações de metrô, banheiros, albergues... mas ainda assim, acredita que dias melhores virão.


4. Interestelar (Interstellar)


Esse é um filme novo, de 2014, que está concorrendo ao Oscar 2015 a "Melhor design de produção", "Melhores efeitos visuais", "Melhor trilha sonora" e "Melhor edição de som". Dá para ver que é um filme bem visual, né? Espero que leve tudo isso! Alguém aqui já viu? Interestelar é daqueles filmes que você sai da sala do cinema com a cabeça doendo de tantas coisas que está pensando ao mesmo tempo. É um filme para ver pelo menos três vezes para pegar cada parte e digerir. Uma incrível ficção científica que conta a história de uma equipe de astronautas que viajam através de um worm hole (ou buraco de minhoca) à procura de um novo lar para a humanidade. Vale muito a pena, sério.


5. A Teoria de Tudo (The Theory of Everything)


E por fim, vou citar mais um filme que está concorrendo ao Oscar 2015. A Teoria de Tudo é baseado na vida de Stephen Hawking, e como ele fez descobertas importantes sobre o tempo, além de mostrar também o romance com a aluna Jane e a descoberta de sua doença degenerativa. É um filme muito lindo, mas muito mesmo. Vale a pena assistir. Adoro ver histórias que existem de verdade. Incrível a superação desse grande homem. A Teoria de Tudo está concorrendo nas categorias "Melhor filme", "Melhor ator" (com Eddie Redmayne, que interpreta Stephen), "Melhor trilha sonora", "Melhor atriz" (com Felicity Jones, que interpreta Jane) e "Melhor roteiro adaptado". Não é qualquer coisa, hein!


E você? Quais filmes indicaria para o Oscar de sua vida? Algum desses da minha lista?
A premiação do Oscar 2015 será dia 22 de fevereiro, no domingo. Quem vai ver? :) Veja a lista de todos os indicados aqui.
Bjs.


20 dicas para fugir do Carnaval

Vou deixar aqui 20 dicas para fugir do Carnaval, mas não é porque eu não gosto da data. De certo modo até gosto. Por exemplo: nada como uma folga no trabalho e ir para algum lugar tranquilo... e também gosto de ver escolas de samba do Rio e de SP pela TV (um dia gostaria de ver ao vivo). Nunca gostei de pular atrás do trio ou sair em blocos de rua e nunca tive vontade de ir para o famoso Carnaval da Bahia. Não sou fã da zoeira em massa e prefiro mil vezes a tranquilidade do meu quarto. Obrigada. De nada.

Mas então, se você é que nem eu, esse post talvez seja interessante. Vamos começar. 



1. Viaje para algum lugar beeeem tranquilo
Você que conta os dias para uma folguinha no trampo, aposto que adora o Carnaval para poder viajar para algum lugar bem distante de toda a festa. Aqui, você tem que pesquisar e descobrir os lugares que nem se quer passe um bloco de rua hahahaha. Se eu pudesse iria para um SPA. Chiquérrimo. 

2. Faça um dia da beleza
Se você não pode ir para um SPA (chiquérrimo), faça o seu próprio. Hidratação no cabelo e pele, depilação completa, coloque a manicure e pedicure em dia, treine o delineador gatinho, e por aí vai. 

3. Faça uma maratona de filmes
Já que o Oscar está chegando (a premiação será dia 22/02), que tal pegar os filmes que estão concorrendo e assisti-los? Assisti apenas dois: Boyhood e Interestelar, mas estou de olho em Invencível e A Teoria de Tudo. 

4. Coloque a leitura em dia
Uma boa hora para colocar todos seus livros em dia, principalmente aqueles que você começou a ler e parou por algum motivo. Nos dias do Carnaval, dá para terminar esse inacabados e ainda começar outros!

5. Faça uma reciclagem nos esmaltes
Nós amamos esmaltes, né? Eu já desapeguei de muitos! Às vezes, passa despercebida a data de validade de alguns vidrinhos. Essa é hora certa de dar um fim neles. Nada de usar esmalte vencido. Eu morro de medo das minhas unhas caírem hahahaha. Ah, esse item vale para maquiagens.

6. Conheça novos restaurantes
Aqui é dica de gordinha. Eu nunca fui fã de culinária japonesa, simplesmente porque eu não gosto de comida fria e nem crua. Mas acabei sendo convencida pelas minhas amigas a provar, pelo menos, os pratos quentes, e não é que gostei? Gosto muito de temaki de salmão empanado com cream cheese. Vale também provar sorvetes deliciosos, dei dica aqui da Alpi Gelateria (de Santos) e a Bacio di Latte.

7. Fotografe mais
Aproveite para pegar sua câmera e fotografar mais e mais! Para fugir da muvuca, escolha lugares mais calmos, principalmente com bastante natureza para trazer paz na hora dos clicks

8. Assista novas séries
Sua série favorita ainda não voltou de férias? Então pegue uma série que todo mundo te recomenda e assista. Tenho vontade de ver Orange is the new black. Será que é boa?

9. Marque uma saída com os amigos
Essa vale principalmente se você tem amigos que também não curtam a movimentação do Carnaval. Se juntem e combinem algo como uma pizza com filme, almoço, jogo de tabuleiro, sei lá.

10. Pegue uma receita de algo bem gostoso para fazer
Sou um zero à esquerda na cozinha, não sei fazer nada. Talvez eu aproveite o Carnaval para (tentar) fazer algo gostoso, de preferência doce. hehehehe

11. Exercite-se
Se você (assim como eu) acha chato fazer academia e afins, pode tentar andar de patins, skate, surfar, essas coisas mais divertidas.

12. Ouça suas músicas favoritas
E fuja dos axés, sambas, pagodes e funks que sempre tocam no Carnaval repetidas vezes. Baixe a discografia completa da sua banda favorita e passe a tarde toda ouvindo. 

13. Procure por projetos DIY
Procure projetinhos de "Faça você mesmo" na interwebs. O Pinterest é muito bom para isso. Esse item é ótimo para você que quer dar uma cara nova para algum objeto.

14. Organize-se melhor
Organização leva tempo e no Carnaval você tem isso de sobra. Use agendas, post-its, carderninhos, bloquinhos, o que for. Também existem planners bem legais que já falei aqui no blog para você se organizar cada vez melhor. Para quem tem blog é ótimo!

15. Vá ao cinema
O mês de fevereiro está cheio de lançamentos legais. Tem Cinquenta Tons de Cinza (polêêêmico!), Selma - Uma luta pela igualdade, O Jogo da Imitação... Mas como a gente não gosta de bagunça, e sabemos que é feriadão e o shopping estará cheio, procure ir nos horários mais diferentes, tipo perto da hora do almoço, sabe? 

16. Faça uma super faxina
Chato, eu sei. Mas a faxina sempre fica mais legal quando você coloca música para tocar. Lembra que eu falei no item 12 sobre baixar a discografia favorita? Então. Mão na massa e, deixe pelo menos, seu quarto um brinco!

17. Jogue bastante videogame
Eu não sou fã de games, mas sei que tem muitos aqui que adoram. Aproveite para fechar um jogo que você estava sem tempo, ou então chame os amigos para jogar aqueles games tipo Wii que todos brincam juntos.

18. Estude
Especialmente para quem está em fase de vestibular, está fazendo cursos ou quer prestar algum concurso. Nada como aproveitar a calmaria do seu quarto e colocar o estudo em dia. 

19. Durma mais um pouquinho
Para quem trabalha, o feriadão é uma bênção divina. Se você acorda cedinho, vai dormir tardão, aproveite o Carnaval para colocar o sono em dia. Sua saúde agradece. 

20. Comece um blog
Você leitor, que não tem um blog ainda e sempre quis ter, essa é a sua hora. Aproveite o feriadão para pensar no que vai falar no blog, planeje algumas postagens, faça um banco de ideias, procure por inspirações, pense num layout bacana.



Será que dá para se divertir no Carnaval mesmo sem gostar da muvuca? Dá sim! 
O que você vai fazer no feriadão?
Bjs.

Esse post é um dos temas sugeridos pelo Rotaroots.



Desafio 52 Semanas: #28 Minhas maiores neuras e manias



1. Organização
Gosto das minhas coisas bem organizadas, mas isso não quer dizer que se você entrar no meu quarto ele sempre estará bem arrumado. Eu posso me achar na minha própria baguncinha.

2. Estalar os dedos
Estalo os dedos todos os dias, é uma sensação muito boa. Mas já ouvi falar que faz mal e que "as juntas ficam grossas". Mito ou verdade?

3. Corrigir os outros
Isso é meio chato, não é sempre que acontece. E também não sou perfeita. Mas às vezes me pego corrigindo as pessoas. Daqueles erros bobos que acabam se tornando vícios de linguagem, como "pra mim, pra eu", "rúbrica, rubrica", "adevogado, advogado"... =(

4. Dormir de edredom no calor
Mania de dormir com edredom seja no frio ou no calor. Mesmo sem ar condicionado, eu juro que durmo com edredom.

5. Não misturar a comida no prato
Não gosto de misturar a comida no prato. Se estou comendo arroz e feijão, e principalmente o feijão vier com caldinho, ele tem que estar separadíssimo do meu arroz. A "mistura" tem que vir do outro lado também.


Neuras e manias de virginianos ou tem alguém assim também?
Bjs.



Desafio 52 Semanas: #27 Coisas legais para se fazer nas férias

Hoje não vou conseguir parar nos cinco itens do desafio 52 semanas. Vou listar 10 coisas legais para se fazer nas férias, porque nas férias dá pra fazer muita coisa boa, né? :)

Pôr do sol visto da Ponta da Praia, em Santos


1. Pegar uma praia
Nossas férias se passam no verão, então nada mais justo do que pegar uma praia, né? Uma boa praia! Daquelas que você vê o pé com água pela cintura!

2. Pegar uma piscina
Claro! Piscina é tão bom quanto praia! Se você tiver uma em casa, putz, melhor ainda! Mas nada como ter amigos que tenham piscina. hahahaha

3. Ver o pôr do sol
Uma das coisas mais lindas de assistir no verão. E claro, fazer algumas fotos de quebra.

4. Rever os amigos
A faculdade pode ter acabado, aquela época assombrosa do TCC finalmente acabou! Mas rever as amigas sem ter que falar em arte, revisão, gráfica e prazo, não tem preço. Aqui é só pra fofocar!

5. Fazer algum esporte que não fez ainda
Surf, skate, stand up paddle, frescobol, vôlei, futvolêi, futebol, o que for! Pelo menos um pouquinho né? Porque ficar em casa com esse calorão não rola. Ainda quero aprender SUP, quem sabe nos próximos finais de semana (se fizer um solzinho por aqui! ~~~porque só chove e chove... chove e chove~~

6. Colocar a leitura em dia
É o que estou fazendo. Quero muito ler mais a cada mês que passar. Sempre tive preguicinha, mas quando eu começo um livro, e ele é bom de verdade, vou até o final sem perceber.

7. Fugir das cidades de temporada e dar um passeio em sampa
Santos, São Vicente, Praia Grande e Guarujá vivem lotadas nessa época. Então, se você, assim como eu, mora em cidade de alta temporada, pode dar uma fugidinha para a capital e aproveitar as coisas boas que só São Paulo tem a oferecer.

8. Colocar as séries em dia
Se você também for viciada em séries, como eu, pode colocá-las em dia ou então pegar séries novas para começar a seguir.

9. Desapegar 
Sim!!! Fazer uma limpa no guarda-roupa, na sapateira, nas gavetas, nos esmaltes, nas maquiagens e desapegar. Doe para quem precisa, faça um bazar, uma lojinha...

10. Dormir
Não pode faltar, né? Dormir é bom demais, e como eu sou uma baita preguiçosa, adoooooro dormir além da conta. hehehehehe


E você? O que mais gosta de fazer nas férias? Algum desses itens?
Bjs.



Desafio 52 Semanas: #26 Se eu pudesse trocar de profissão, eu seria...



1. Fotógrafa
Adoro fotografia, quem não, né? Seria demais trabalhar só com isso!

2. Vitrinista
Acho interessante, quem sabe eu faça um curso disso e me especialize. hahaha As vitrines das lojas me chamam muito a atenção, gosto de ver os detalhes e tal.

3. Apresentadora (?) de um programa de turismo
Babo nos programas de turismo que tem nos canais fechados como OFF, Multishow... Imagina que incrível conhecer lugares pelo mundo e ainda ser o seu trabalho, tipo "Nalu Pelo Mundo", sabe? *sonho* \o/

4. Ilustradora
Se eu soubesse desenhar hahaha Dizem que se você fizer curso, aprende, mas eu ainda acho que é dom.

5. Blogueira
Seria ótimo trabalhar só com o blog. :)


E você, qual profissão gostaria de ter?
Bjs.



Desafio 52 Semanas: #25 Tenho aflição de...

Tenho aflição de muitas coisas, mas dentre elas, citei cinco abaixo. Dá uma olhada! :)



1. Barata
Com certeza, a primeira coisa que eu mais tenho aflição na vida é barata. Já andei falando aqui no blog sobre isso, tive algumas experiências horrorosas com esse bicho asqueroso que não sabe o lugar dele.

2. Imagens tensas que passam no nosso feed
Sempre tem alguém para compartilhar algum post bem tenso no Facebook, do tipo gente decapitada, gente com doenças estranhas e por aí vai...

3. Etiqueta pra fora da blusa
Geralmente, eu sempre arrumo quando é algum conhecido meu hahahaha Mas tenho certeza que algumas vezes acontece comigo, espero que me avisem! :/

4. Elevadores muito antigos
Não me lembro de ter entrado em elevadores daqueles que tem porta de ferro, que você vê tudo, seria horrível (tipo do Titanic!). Mas se eu entro numa caixa dessa que já dá impressão de velha, com as paredes de tons amarelos denunciando a idade, já fico contando os minutos para poder sair logo dali. Pior é se fizer algum tipo de barulho suspeito, que medo, que aflição, chega logo no andar que eu quero!

5. Faca ou garfo raspando no prato
Sem querer, sabe, quando você está cortando algo e de repente o talher escorrega! Ô barulhinho chato, arrepia até a alma. Mas aqui eu poderia citar várias outras coisas, como o giz ou unhas raspando a lousa verde da escola, ao estragar isopor também faz um barulho horrível, forçar a canetinha no papel...


E você, tem aflição do quê?
Bjs.


Desafio 52 Semanas: #24 Casais preferidos

Adoro filmes românticos. Mas não é só em filmes assim que encontramos os casais mais legais e fofos. Hoje, vou citar os meus cinco casais preferidos!


1. Meu pai e minha mãe 



Não poderia deixar de citar meus pais, né? Estão casados há 28 anos e com certeza eles tem que estar no topo da lista como meu casal preferido!


2. Snow White e Prince Charming



Uma das minhas séries favoritas, Once Upon A Time, tem os personagens que eu mais gosto na vida: Branca de Neve e o Príncipe Encantado. São muito bem representados por Ginnifer Goodwin e Josh Dallas. Eu devorei todas as temporadas de uma só vez praticamente, não vejo a hora da série voltar logo.


3. Maggie e Glenn


Maggie e Glenn de The Walking Dead têm sobrevivido firmes e fortes até agora e isso os fazem um dos meus casais preferidos da ficção! Ela, por ser linda de viver e ele por ser um japonês legal e bad ass, já passou por cada uma... hahaha


4. Amelie Poulain e Nino


Demorei muito pra ver o filme, não sei porquê, mas depois que vi me apaixonei! Adoro esse casal esquisito e fofo.


5. Noah e Allie


E para finalizar essa lista apaixonada, Noah e Allie. Como não amar esses dois? Sem dúvidas, Diário de uma paixão é meu filme romântico favorito. Sempre, mas sempre choro assistindo. E você não chora só no final do filme, chora em várias partes hahahaha "If you are a bird, I'm a bird!" =')


Vou dar uma roubadinha e citar outros que eu tanto adoro: Jack e Rose, Harry e Gina, Charlie e Claire, Killian e Emma, Emily e Oliver, Félix e Niko, Leandro e Antônia...


Quais os seus casais preferidos?
Bjs.


Desafio 52 Semanas: #23 Coisas que me incomodam no mundo contemporâneo




1. Ônibus cheio:
Faz um tempo que não pego ônibus, mas quando eu pegava, era tenso, ainda mais no calor. Muitas vezes eu fui na porta (não pendurada, ufa!), mas no degrau. Meus pais falam que antigamente, no tempo deles, isso já acontecia. Enfim... Aqui em Santos tem a opção dos ônibus seletivos, que são menores, mas tem ar condicionado, porém o preço da passagem é muito elevado (R$ 3,50) e não tem a opção de usar o vale transporte de estudante (que eu usava). Se bem que, muitas pessoas para não passar o perrengue nos circulares, acabavam optando pelo seletivo, e aí todos ficavam cheios também...

2. Infância reduzida: Eu brinquei de Barbie até uns 12 anos. Eu adorava, tinha coleções, era difícil deixar de ser criança. Hoje, vejo as meninas com essa idade se importando com outras coisas, que já sabemos o que são. Até mesmo as crianças mais novas, de 8 ou 10 anos, já têm outros pensamentos, as brincadeiras são outras.

3. Músicas de baixo-calão: Não gosto de funk, sei que tem diversos tipos de funk. Mas o que mais me incomoda são aquelas músicas feias, com palavrões, sujas mesmo. A pior coisa é você estar ao lado de um carro tocando uma música dessas. Que vergonha alheia!

4. O preço do Kinder Ovo: Vou dar uma copiada no Oda, porque realmente... Me diz!!! Por que o Kinder Ovo é tão caro hoje em dia? Eu lembro de pagar tão baratinho e ainda comprava o chocolate da Mônica, o Surpresa. Fora o que ele diz mesmo: as surprersinhas de antigamente era muito mais legais, colecionáveis. Hoje, você monta um trequinho lá sem sentido e daqui a pouco ele está no lixo, né? :/

5. O preço da Barbie: Outra coisa que está super cara. Tá, eu não compro mais pra mim... hehehe Mas temos criança na família. Antigamente, com R$ 69,90 você comprava uma super Barbie, que vinha com milhares de acessórios, e sei lá mais o quê. Eu lembro de ganhar uma Barbie dentista que vinha com cadeira de consultório, a paciente (a Kelly), 500 mil acessórios, etc. Hoje, uma Barbie dessa está MEGA cara, quase 300 dilmas e com R$ 69,90 você só encontra Barbie com a roupa do corpo. :(

O que mais te incomoda no mundo contemporâneo? 
Bjs.


Desafio 52 Semanas: #22 Na minha geladeira tem que ter...

Como esse tema caiu bem no dia 31 de dezembro, vou fazer temático, já que é dia de réveillon. \o/
Vocês passam a noite do dia 31 em casa? O que vocês comem? Quem mora na praia, costuma assistir a queima de fogos na areia?
Bom, aqui em casa, geralmente fazemos assim: um almoço como qualquer outro, normal. Mas à noite, sempre fazemos um churrasquinho. Reunimos a família e amigos, comemos, arrumamos tudo e nos preparamos para caminhar até à praia. Então, na minha geladeira tem que ter...



1. Churrasco, claro
Acho que faz tempo que não como chester, peru, pernil, essas coisas de Natal no dia 31. Adoro o churrasco do meu pai: carne, linguiça, franguinho... O segredo é ficar do lado da churrasqueira. hehehe

2. Refrigerantes
Eu dei uma bela parada com refrigerantes, mas agora nas festas de fim de ano, tenho tomado um pouquinho. O ruim é que a geladeira não vence e é preciso usar o freezer velhinho para as garrafas ficarem bem geladinhas nesse calorzão.

3. Sorvetes
Melhor que qualquer sobremesa nesse calor. Tem que ter sorvete Galak, meu preferido, o famoso napolitano, passas ao rum, que minha mãe adora...

4. Gelatina colorida
O doce oficial das festas de fim de ano. Minha mãe sempre faz, todo mundo gosta e apesar de ser beem doce, é refrescante para o verão.

5. Leite condensado 
Porque leite condensado gelado é muito bom, principalmente com morangos...


O que não pode faltar na sua geladeira?
Bjs.



Desafio 52 Semanas: #21 Meus piores defeitos

Esse desafio 52 semanas está acabando comigo hahahaha Quando tem um tema legal, logo depois tem um tema chaaaato e difícil de fazer, claro, porque sempre é difícil falar de nós mesmos, ainda mais quando é assim, piores defeitos.


1. Perfeccionismo
Tem gente que acha que não é um defeito. Mas eu às vezes considero porque sou meio chata com certas coisas. Sempre tem que estar perfeito...

2. Ansiedade extrema
Nem me fale em ansiedade... Semanas atrás eu estava a ponto de explodir por causa do TCC. Comi tanto chocolate que nem sei.

3. Esquecida demais até...
Ah eu sou. Sou meio desligada com algumas coisas. Não sei por quê. :(

4. Frescurite aguda
Sou bem fresca para certas coisas, principalmente com comidas. Já julgo antes de experimentar. hehehe

5. Timidez
Já comentei sobre isso aqui... Tenho trabalhado minha timidez, eu era beeeeeem mais tímida na época da escola.


Quais os seus piores defeitos?
Bjs.



7 dicas "do contra"

Quando eu vi esse tema no Rotaroots, pensei, "vou destilar meu veneno". 7 dicas "do contra" trata sobre as coisas que todo mundo ama, mas eu odeio, aquela banda que todo mundo curte, mas eu acho bléh, aquele restaurante maravilhoso só que não... essas coisas, sabe? Então vamos lá. HEHEHEHE



A primeira coisa que eu não indico é um doce típico natalino: PANETTONE. Por que as pessoas insistem em comer panettones? Por que elas gostam daquela massa estranha que parece estar velha? Juro que eu já tentei comer... Já experimentei até dos trufados que todo mundo fala que é bom, mas comigo não rola. Panettone deveria ter um outro tipo de massa, mais gostosa, menos amarga... E claro, aqueles com frutas cristalizadas são os piores!!!



A segunda coisa que não recomendo é THE VOICE BRASIL. Já assisti um pouco outras temporadas, se não me engano a que eu mais acompanhei foi aquela do Sam (who?). Essa última não rolou, primeiro porque eu estava loucona com TCC e nunca conseguia chegar a tempo de ver os episódios de quinta, e segundo porque não ia perder nada mesmo. Enfim, os jurados... os jurados que temos no The Voice Brasil são umas verdadeiras piadas. Sem mais.



Vamos ao terceiro item dessa lista do contra: BRIGADEIRO GOURMET. Quem foi a pessoa que inventou essa palhaçada? Brigadeiro é brigadeiro. Coloca lá uns treco diferente dentro, um granulado fresco que vira gourmet? Fora, claro, o preço... Nem dá pra comentar. Um brigadeiro dito gourmet custa umas 8 dilmas! QUÊ??? Aposto que eu faço um desses bem mais gostoso. Hunf.



Já que o post é pra gongar mesmo, vamos lá ao quarto item: o restaurante mexicano ARRIBA MARIA, daqui de Santos. Vamos à propaganda negativa. Recém inaugurado, precisa melhorar muito. Até entendo. Mas, quando fui com umas amigas levamos mais de 1 hora para conseguir lugar, e mais um tempão para a comida chegar. Foi impressionante a demora, gente. Era só montar o prato, sabe? Os nachos supreeeemos, que de supremos não têm NADA, foi ridículo. Demora também para entregar as bebidas, garçons despreparados. Só deixo meu ponto positivo para a decoração, muito bonita. Mas, infelizmente já risquei da minha lista. Existem restaurantes mexicanos melhores em Santos.



Talvez, no quinto item, vocês me matem. NUTELLA. Eu não gosto de Nutella. Já experimentei e odiei. Acho um doce muito forte e mesmo misturado com alguma coisa... Não entendo porque as pessoas são tão apaixonadas por Nutella. Eu passo, e prefiro mil vezes um doce de leite, brigadeiro mole, leite condensado, qualquer coisa, menos Nutella. Obrigada, de nada.



Lembrei de mais um item para colocar aqui. O sexto item "do contra" são os FILMES MEDIEVAIS. Qual a graça dos filmes medievais? São chatos para caramba, gente. Não assistam, é ruim demais. Até peguei uma lista no Google de alguns filmes desses gênero para ver se eu gosto de algum: NÃÃÃÃO! Senhor dos Anéis, Arn, Gladiador, Coração Valente, Eragon, Cruzada, Rei Arthur, bléh!



E por último, mas não menos odiado: BALADAS. Por favor, não me chamem para baladas. Tenho 25 anos e só fui duas vezes na vida: quando eu tinha 15 e em 2011, no primeiro ano de faculdade. Até curti na hora ali, tá, legal, mas não é aquela cooooisaaaa de quando estou num show da banda que eu gosto. Balada é chato e sempre será.



Quais são suas dicas "do contra"? :)
Bjs.


Esse post é um dos temas sugeridos pelo Rotaroots



Desafio 52 Semanas: #20 Fico de mau humor quando...


Mau humor, meu sobrenome. Mentira, tô brincando. Mas é que eu sou meio mal humorada às vezes, principalmente quando...


1. Abrem a porta do meu quarto fazendo AQUELE barulho
Nossa, tô no sono delícia lá, dai minha mãe ou meu pai abrem a porta com tudo rapidão, faz o maior barulho e claro, acordo mega assustada.

2. Estou com fome
Claro, quem não fica né? Ainda mais quando você está com a barriga roncando ou quase passando mal de pressão baixa de tanta fome. É horrível!!!

3. Mexem nas minhas coisas
Sou filha única, então nunca tive ninguém para ficar mexendo nas minhas coisas, tipo irmão mais novo e tal. Minha prima, mais nova 1 ano e pouco, já sabia como eu era (hahaha) então não se atrevia muito quando éramos crianças. Quando minha mãe inventa de arrumar meu quarto e coloca algo em outro lugar, ficou louca. :P

4. Está muito calor...
E eu não estou a vontade com isso, tipo de biquíni na praia, na piscina, de boa, com roupa fresquinha... É muito chato passar calor, quando você precisa estar arrumadinha com roupa de trabalhar, ou pegar um ônibus com 500 mil pessoas, aí eu passo mal e já era.

5. Pego chuva
Mas não pegar chuva se divertindo sem ter a preocupação de molhar sua roupa e sapato... Tô falando de pegar chuva do nada, sem você esperar, e ainda por cima, você está calçando uma sapatilha de paninho, uma rasteira, vestindo uma roupa branca, ai que saco! E ter que ir pra algum lugar, chega toda molhada, cabelo zuado!!!!!


Ps.: Tive que ilustrar o post com esse gato MARAVILHOSO (alô, gateiras!) chamado Garfi. Quer saber mais sobre ele? Clique aqui.



Facebook

Publicidade